Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ciência

Aumento no nível dos mares teve início em 1863, aponta estudo

Segundo pesquisa divulgada na última segunda-feira, 21, os índices que enfrentamos hoje são muito mais antigos que o imaginado

Redação Publicado em 23/02/2022, às 20h30

Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ egamizt
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ egamizt

Na última sexta-feira, 18, a Nature Communications publicou um estudo inédito sobre o aumento no nível dos mares nos últimos 2 mil anos. Os resultados da pesquisa, então, apontaram que os recordes que enfrentamos hoje tiveram início em meados de 1863.

De acordo com Jennifer S. Waker, Robert E. Kopp, Christopher M. Little e Benjamin P. Horton, os responsáveis pela análise, o aumento nos níveis dos oceanos se deu por dois fatores. Um deles é a expansão e o aquecimento dos mares, que, por consequência, geram o aceleramento do derretimento das geleiras em todo o planeta.

Nesse sentido, a pesquisa aponta que as geleiras começaram a se expandir durante o século 13, atingindo seu pico entre os séculos 16 e 19. Os dados coincidem com o período em que registrou-se um grande aumento no nível dos mares.

Em seguida, o estudo ainda identificou quais foram os primeiros oceanos a se expandirem e em quais momentos o fenômeno aconteceu. Os dados mostraram que foram os oceanos Atlântico e Pácifico Ocidental que, durante o século 19, apresentaram um aumento em sua massa, seguidos pelo oceano Índico.

Também é importante pontuar que o aumento mais significativo no nível dos mares se deu em 1863, na Segunda Revolução Industrial. A relação entre a grande incidência de fábricas e a expansão dos oceanos, no entanto, ainda precisa ser estudada.

Nesse sentido, os responsáveis pela pesquisa acreditam que os resultados podem nos ajudar a identificar áreas com maior probabilidade de serem atingidas pelo aumento do nível dos mares, permitindo um maior planejamento de moradias, por exemplo.