Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Autoridades atualizam número de mortes em tiroteio em escola no Texas

Ataque ocorrido ontem de tarde nos Estados Unidos ainda preocupa pelo alto número de pessoas em estado grave

Alan de Oliveira| @baco.deoli, sob supervisão de Isabela Barreiros Publicado em 25/05/2022, às 08h09

Escola americana onde o ocorreu tiroteio no Texas - Divulgação/YouTube/BBC News
Escola americana onde o ocorreu tiroteio no Texas - Divulgação/YouTube/BBC News

Ao menos 21 pessoas foram mortas em um novo atentado em uma escola dos Estados Unidos, na tarde de terça-feira, 24. Um homem entrou fortemente armado na 'Robb Elementary School', no Texas, e já foram contabilizadas 21 mortes, sendo 19 de crianças.

É válido ressaltar que o número de baleados ainda está em constante mudança, já que os oficiais locais estão sendo deslocados desde ontem à noite, de forma muito contida, para averiguar a situação de possíveis novos atiradores.

O ataque ocorreu por volta de 12h no horário local (14h no fuso-horário de Brasília), na cidade Uvalde, a 130 quilômetros de distância na direção oeste do centro industrial da cidade de San Antonio.

O FBI e o Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos (ATF, na sigla em inglês), são as entidades que ajudando a polícia local a finalizar mais rapidamente as investigações.

Repercussões na política americana

"O que aconteceu em Uvalde é uma tragédia horrível que não pode ser tolerada no estado do Texas. Há uma ação rápida sendo tomada pela polícia local", falou o governador Greg Abbott, em coletiva de imprensa.

Ele ainda garantiu que todas as autoridades locais já estão recebendo — e ainda vão receber mais — recursos para finalizar as operações o mais rápido possível.

Através do Twitter, o Hospital de San Antonio disse que recebeu 2 vítimas dos disparos, sendo estas uma mulher de 66 anos e uma menina de 10 anos, ambas em estado crítico.

Joe Biden ordenou que bandeiras fossem hasteadas a meio mastro até o pôr do sol diariamente até 28 de maio em forma de condolências ao ataque, segundo apuração do portal Terra.