Notícias » Brasil

Boate Kiss: Campanha tenta arrecadar dinheiro para sobreviventes irem até o julgamento

Oito anos depois da tragédia, o julgamento irá começar na próxima quarta-feira, 1, em Porto Alegre, a 289 km de Santa Maria

Penélope Coelho Publicado em 30/11/2021, às 09h47

Registro da Boate Kiss após o incêndio
Registro da Boate Kiss após o incêndio - Wikimedia Commons/Leandro LV

Às vésperas do julgamento dos quatro réus acusados pelo incêndio na boate Kiss, em 27 de janeiro de 2013, em Santa Maria, Rio Grande do Sul, uma entidade busca arrecadar fundos arcar com os gastos para levar sobreviventes e familiares das vítimas até o Tribunal do Júri.

A Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria organiza uma campanha para arrecadar R$ 50 mil, com o objetivo de custear a ida e a permanência dessas pessoas até o local do julgamento que começa amanhã, 1°.

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias UOL, nesta terça-feira, 30, o julgamento será realizado em Porto Alegre, a 289,2 quilômetros do local da tragédia.

A prefeitura de Santa Maria disponibilizou um ônibus para levar os sobreviventes e parentes das vítimas, entretanto, os gastos com alimentação e hospedagem não foram cobertos, apesar de ajudas.

Acredita-se que o julgamento da tragédia — que deixou 242 pessoas mortas — seja o mais longo da história gaúcha, com previsão de durar 15 dias.

De acordo com a reportagem, até o momento, a campanha já havia conseguido arrecadar 79% da meta.