Notícias » Brasil

Brasileiro recria rosto de figuras históricas com inteligência artificial

Em projeto criado na pandemia, Hidreley Dião imagina como icônicos personagens seriam nos dias de hoje. Confira as imagens!

Pamela Malva Publicado em 23/02/2022, às 13h00 - Atualizado em 01/04/2022, às 08h00

Foto de Elvis Presley em 1957 e reprodução do artista
Foto de Elvis Presley em 1957 e reprodução do artista - Domínio Público/ Divulgação/ Instagram/ @hidreley

Com a inteligência artificial (IA) atingindo novos patamares todos os dias, é comum encontrar pessoas que utilizam da ferramenta para criar trabalhos impressionantes. Esse é o caso do brasileiro Hidreley Dião, que utiliza da IA para imaginar como seriam os rostos de figuras históricas, como Napoleão Bonaparte e Júlio César, nos dias de hoje.

Em entrevista ao Tilt, do UOL, o artista digital, que mora em Botucatu, no interior de São Paulo, explicou como funciona o processo de criação de suas obras. Os resultados são tão impressionantes, que muitas das publicações do artista já viralizaram nas redes sociais — no Instagram, por exemplo, Dião já acumula mais de 141 mil seguidores.

Criei esse processo maluco de trabalhar com IA e estou feliz com os resultados, pois as pessoas ficam sempre impressionadas”, narrou o brasileiro. “Aprendi sozinho e hoje meu trabalho está nas principais plataformas da internet.”

Ainda mais, Dião explicou que todo o projeto começou durante a pandemia, quando ele percebeu “que muitos artistas estavam aproveitando essas ferramentas para dar vida a estátuas e a pinturas famosas”. “Me desafiei a aprender e tentar fazer algo parecido. Gostei do resultado e não parei mais", narrou ele.

Tudo começa, então, com a escolha do personagem que o artista brasileiro quer recriar. Em seguida, ele procura, em bancos de imagens ou com ajuda de amigos e familiares, por fotos parecidas com a de referência — onde a pessoa esteja, por exemplo, na mesma posição que o artista ou político a ser recriado.

Procuro sempre fotos que estejam fáceis de trabalhar, o formato do rosto, cabelo etc. Isso porque eu sobreponho a imagem do personagem e, através do Photoshop, vou preenchendo, começando sempre pelos olhos", explicou.

Logo depois, já selecionada a imagem de base, Hidreley inicia o processo de recriar o rosto do personagem, imaginando como aquela pessoa estaria nos dias de hoje. Segundo o artista, essa fase “não passa de duas horas". É nesse momento, inclusive, que ele usa aplicativos como o Photoshop, o FaceApp, o Remini e o Gradient.

Foi assim que Dião recriou o rosto de grandes personagens históricos, como Isaac Newton, Marilyn Monroe e Elvis Presley. Hoje, ele também cria reproduções que sugerem como figuras de desenhos animados — como vilões da Disney, princesas e personagens dos Simpsons — seriam caso fossem reais.

Confira, abaixo, algumas das reproduções criadas por Hidreley Dião: