Notícias » América Pré-Colombiana

O cacau começou a ser cultivado na Amazônia, há 5.300 anos, diz estudo

Descoberta de pesquisadores canadenses contraria a teoria até agora aceita, que o chocolate surgiu entre povos mesoamericanos

Thiago Lincolins Publicado em 30/10/2018, às 14h41 - Atualizado em 31/10/2018, às 12h42

Entenda
Entenda - Getty Images

De acordo com um estudo publicado na revista científica Nature Ecology & Evolution (“Natureza Ecologia e Evolução”), um time de pesquisadores da Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá descobriu que o cacau começou a ser cultivado muito antes do que se supõe.

Ao analisar artefatos de cerâmica encontrados durante escavações na América do Sul, os arqueólogos detectaram pequenos traços de um composto encontrado no cacau. Anteriormente, era consenso entre pesquisadores, que o fruto começou a ser cultivado há 3.900 anos. No entanto, os objetos utilizados no estudo são datados em 5.300 anos. O que contradiz a data inicial.

“Este novo estudo nos mostra que as pessoas que viviam na parte superior da bacia amazônica, até os Andes no sudeste do Equador, estavam colhendo e consumindo um cacau semelhante ao que foi usado mais tarde no México”, diz Michael Blake, um dos autores do estudo. "Eles estavam fazendo isso 1.500 anos antes."