Notícias » Estados Unidos

Casal que apontou armas para manifestantes é processado por uso ilegal do armamento

O triste episódio aconteceu em junho, durante protestos antirracistas nos Estados Unidos

Redação Publicado em 21/07/2020, às 13h55

Mark e Patrícia McCloskey com armas apontadas em direção aos manifestantes
Mark e Patrícia McCloskey com armas apontadas em direção aos manifestantes - Divulgação/Twitter

Após serem filmados mirando em manifestantes no estado do Missouri, Estados Unidos, Mark e Patrícia McCloskey foram acusados pela promotoria de St. Louis por uso ilegal de armas. As informações são do portal de notícias UOL.

Em 28 de junho, o casal ameaçou pessoas que estavam passando em frente a sua casa, o fato ocorreu durante manifestações do movimento antirracista intitulado Black Lives Matter (Vidas Negras Importam — na tradução literal para o português).

O promotor responsável pelo caso, Kim Gardner, afirmou que o ato cometido pelo casal gerou a possibilidade de violência em um protesto pacífico. "É ilegal usar armas de maneira ameaçadora, isso é ilegal na cidade de St. Louis", disse Gardner.

A imagem do casal direcionando armas — uma delas um rifle —, para os manifestantes gerou revolta na internet. Enquanto apoiadores dos McCloskey’s afirmam que eles estavam somente defendendo sua propriedade.

O armamento dos advogados Mark e Patricia foi apreendido e de acordo com o promotor, se condenados, é possível que o casal preste serviços comunitários. Vale lembrar que nessa região dos Estados Unidos, crimes por porte ilegal de arma podem levar a até quatro anos de prisão.