Notícias » Crimes

Caso Bernardo: Justiça analisa pedido de nulidade do julgamento

O caso do menino de 11 anos que foi morto por familiares em 2014 chocou o país

Redação Publicado em 06/12/2021, às 10h27

Graciele Ugulini e Leandro Boldrini em julgamento e fotografia de Bernardo
Graciele Ugulini e Leandro Boldrini em julgamento e fotografia de Bernardo - Divulgação/Joyce Heurich/g1/ Divulgação/Arquivo Pessoal

O tribunal da Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) tem até sexta-feira, 10, para analisar o pedido de nulidade do julgamento e redução de pena dos réus do caso Bernardo Boldrini e dar um parecer.

O garoto tinha 11 anos de idade quando foi morto na cidade gaúcha de Três Passos, em abril de 2014, após alta dosagem de medicamento.

O corpo do menino foi ocultado e encontrado dez dias depois. Investigações apontam que a madrasta da criança, Graciele Ugulini, realizou o crime com a ajuda de uma amiga. As informações são do portal de notícias g1.

Segundo o Ministério Público, o pai de Bernando, Leandro Boldrini, teria planejado o assassinato.

Condenado a 33 anos de prisão em 2019, Leandro pede nulidade do julgamento, com a justificativa de que a promotoria violou o direito do réu de permanecer calado. As informações são do portal de notícias g1.

Já a defesa de Graciele pede por redução no tempo de condenação, sua pena é de 34 anos de prisão, por homicídio quadruplamente qualificado e ocultação de cadáver.