Notícias » Entretenimento

Caso de Alec Baldwin poderá enfrentar acusação criminal, diz promotora

Disparo acidental no set de “Rust” causou a morte da cinegrafista Halyna Hutchins no último dia 21

Isabela Barreiros Publicado em 27/10/2021, às 07h39

O ator Alec Baldwin em 2019
O ator Alec Baldwin em 2019 - Getty Images
[Colocar ALT]

A promotora local, responsável pelo caso que envolve o acidente fatal causado pelo disparo feito pelo ator Alec Baldwin durante o set de filmagens do filme ‘Rust’, afirmou que as acusações criminais ainda não foram descartadas.

De acordo com Mary Carmack-Altwies, promotora do condado de Santa Fé, onde o longa-metragem estava sendo gravado, a polícia está investigando o local de filmagens e a “enorme quantidade de balas” encontradas no set.

“Tudo neste momento, incluindo acusações criminais, está na mesa”, afirmou.

Ela ainda ressaltou que, embora a mídia estivesse se referindo à arma usada pelo ator como “arma auxiliar”, tratava-se de uma “arma legítima”. "Era uma arma antiga, apropriada para a época”, descreveu.

As informações sobre o caso foram respondidas por Carmack-Altwies ao jornal New York Times nesta terça-feira, 27. 

O acidente

A tragédia se deu na última quinta-feira, 21. O gabinete do xerife do condado de Santa Fé, localizado no Novo México, Estados Unidos, declarou que o ator Alec Baldwin, de 63 anos, disparou uma arma durante as gravações do filme ‘Rust’, matando uma pessoa e deixando outra ferida. O artista não sabia que a arma estava carregada.

"O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set de 'Rust' foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin", disse a nota.

Conforme repercutido pelo portal de notícias G1, o disparo trágico se deu durante a gravação de uma cena do filme 'Rust', que tem como tema o velho oeste. A produção é estrelada e produzida por Alec. 

O astro se pronuncia

Após o acidente, o ator fez uma publicação nas redes sociais.

“Não há palavras para expressar meu choque e tristeza pelo trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e muito admirada colega nossa. Estou cooperando totalmente com a investigação policial para resolver como essa tragédia ocorreu”, disse Alec.