Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Família real

Casos de família: Tensões entre a monarquia britânica não serão superadas a tempo do Natal, diz fonte anônima

Segundo um tabloide americano, nem todos os membros da realeza se reunião para celebrar o Natal

Redação Publicado em 22/11/2023, às 19h21

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Kate, William, Harry e Meghan após a morte da rainha Elizabeth - Getty Images
Kate, William, Harry e Meghan após a morte da rainha Elizabeth - Getty Images

A tensão entre os membros da família real britânica está longe de acabar, pelo menos é o que afirma o tabloide americano OK! Magazine. Segundo a revista o príncipe William e sua esposa, Kate Middleton, estariam dispostos a abandonar as celebrações de Natal da monarquia caso o príncipe Harry e Meghan Markle compareçam. 

Segundo a publicação, uma fonte anônima teria garantido que o duque e a duquesa de Sussex gostariam de passar o Natal na companha do rei Charles III, caso sejam convidados. É importante relembrar que, outro rumor apontou que o monarca, seu filho caçula e sua nora teriam imposto uma trégua durante seu aniversário de 75 anos no último dia 14 de novembro. 

Porém, conforme repercutido pelo portal Terra, os irmãos continuam em pé de guerra. Assim, caso Meghan e Harry recebam um convite da família real para as festas de fim de ano, é possível que o príncipe e a princesa de Gales não compareçam. A fonte anônima também afirmou que, com base nos últimos meses, é “improvável que Harry e Meghan sejam recebidos de braços abertos”.

Outros detalhes

Segundo o tabloide OK! Magazine, a reaproximação de Harry e Meghan está levantando dúvidas nos bastidores da família real britânica. Pessoas próximas ao casal afirmam que eles estão considerando passar o feriado no Reino Unido, mas há questionamentos por parte dos membros da realeza sobre a autenticidade desse desejo.

É tão bizarro ter se comportado tão mal, exigido um pedido de desculpas e uma admissão de 'culpa' - sem sucesso, devo acrescentar - da família e agora sugerir que eles simplesmente voltarão e permitirão que o passado seja passado, se apenas alguém for bom o suficiente para convidá-los", completou a fonte anônima à publicação.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!