Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / The Crown

Meghan Markle aparecerá na última temporada de The Crown?

Primeira parte da última temporada de The Crown, que retrata o reinado de Elizabeth II, já pode ser conferida na Netflix Brasil

Redação Publicado em 21/11/2023, às 19h12 - Atualizado em 23/11/2023, às 17h41

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Meghan Markle e Claire Foy como Elizabeth II em ‘The Crown’, respectivamente - Getty Images e Divulgação/Netflix
Meghan Markle e Claire Foy como Elizabeth II em ‘The Crown’, respectivamente - Getty Images e Divulgação/Netflix

Para os fãs de ‘The Crown’ que estão contando os dias para a estreia da segunda e última parte da sexta temporada da série, é melhor não criar muitas expectativas. Pelo menos as que envolvam a presença da atriz norte-americana Meghan Markle, como garantiu o criador da mega-produção sobre a realeza britânica, Peter Morgan

Com o passar dos anos, Markle se manteve sob o holofote tanto quanto, ou até mais, do que os membros da família real britânica, especialmente após a tão comentada entrevista concedida à Oprah Winfrey em 2021 ao lado de seu marido, o príncipe Harry

Assim, os fãs da série passaram esperar pelo momento em que a atriz será representada na produção, conforme repercutido pelo portal da revista Vogue Brasil. Contudo, em uma entrevista ao The Hollywood Reporter, Morgan afirmou que isso nunca irá acontecer em razão da “regra dos 20 anos”.

Só acho que fica muito mais interessante [com o tempo]. Meghan e Harry estão no meio de sua jornada, e eu não sei qual é a jornada deles ou como ela terminará. Alguém deseja um pouco de felicidade, mas fico muito mais confortável escrevendo sobre coisas que aconteceram há pelo menos 20 anos", esclareceu o criador.

Tempo ao tempo

Ainda ao THR, ele acrescentou que esta regra garante “tempo e distância suficientes para realmente entender algo, entender seu papel, entender sua posição, entender sua relevância. Muitas vezes, as coisas que parecem absolutamente importantes hoje são esquecidas instantaneamente, e outras coisas têm o hábito de ficar por aqui e provar ser historicamente muito relevantes e duradouras.”. 

Você também precisa permitir a oportunidade da metáfora. Uma vez que algo tenha uma possibilidade metafórica, ela pode se tornar interessante. É bem possível, por exemplo, contar a história de Harry e Meghan por analogia e metáfora, se é isso que você deseja fazer", concluiu Peter Morgan em sua conversa com o THR.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!