Notícias » Arqueologia

Colar medieval marca um milhão de achados arqueológicos na Inglaterra

Inúmeros artefatos do passado já foram encontrados pelo público, como foi o caso do pingente de cobre medieval

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 14/12/2021, às 19h00

Pingente de cobre encontrado no condado de Lincolnshire, na Inglaterra
Pingente de cobre encontrado no condado de Lincolnshire, na Inglaterra - Divulgação / PAS

Segundo um novo relatório da organização Esquema de Antiguidades Portáveis (PAS), do Museu Britânico, divulgado nesta terça-feira, 14, quase 50.000 artefatos arqueológicos foram encontrados em 2020 e, de acordo com as informações reveladas, um colar medieval escavado marca a milionésima descoberta arqueológica feita pelo público.

Arqueologia por si só é uma ciência desenvolvida para categorizar relíquias e sinais de civilizações anteriores às nossas, além de oferecer um olhar organizado e ampliado para o nosso passado como seres humanos. No entanto, diversos destes artefatos investigados por arqueólogos são encontrados por pessoas comuns.

Descoberto na vila britânica de Binbrook, no condado de Lincolnshire, o colar medieval é feito de uma liga de cobre e manteve seu pingente em formato de flor em uma condição conservada. Este, que ocupa a posição 1.000.000 nos registros de artefatos arqueológicos encontrados pelo público, data do período entre 1350 e 1400 d.C..

Segundo o político e aristocrata Lord Parkinson de Whitey Bay, que representa o cargo de Ministro pelas Artes, estes achados por membros do público mostram o interesse geral em nosso passado e o fato de que ainda somos cativados por tesouros e artefatos. As informações são do portal de notícias BBC.

Seres humanos têm estado fascinados por tesouros de gerações passadas por séculos e estas novas estatísticas mostram que a procura, e o engajamento com, ainda nos cativa hoje", narrou.

"Eu estou muito feliz que um milhão de achados arqueológicos feitos pelo público foram registrados agora. Isto mostra o papel importante que todos nós podemos interpretar em proteger e celebrar nossa herança”, afirmou o político.