Notícias » Mundo

Começa busca mundial por aves mais raras do mundo

Projeto irá vasculhar os céus à procura dos chamados 'pássaros perdidos', que não são vistos há pelo menos uma década

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 20/12/2021, às 14h30

Ilustração mostrando os dez pássaros mais procurados do planeta
Ilustração mostrando os dez pássaros mais procurados do planeta - Divulgação/ Lynx Edicions

O 'Re:Wild', que é uma organização focada na restauração da biodiversidade ambiental, em parceria com o 'Conservatório Americano de Pássaros' e o 'BirdLife International', está lançando uma busca a nível global de dez espécies de aves que não são vistas há muito tempo. 

Dessa forma, será possível determinar se esses animais, que atualmente são classificados como 'criticamente ameaçados' pela União Internacional para a Conservação da Natureza, já se encontram extintos, ou ainda sobrevivem. 

“Nós realmente queremos encontrar essas espécies, que são completamente esquecidas e ignoradas, e transformá-las em espécies que são um foco para esforços de conservação", afirmou Barney Long, diretor sênior da organização, em uma conversa com a CNN.  

"Obviamente, para esses dez, realmente esperamos que todos sejam encontrados. Pode não ser o caso — pode ser tarde demais para alguns deles, mas realmente esperamos encontrar todos”, completou ele. 

As aves da lista são naturais de países espalhados pelos cinco continentes. Uma das que permaneceu desaparecida por mais tempo é a coruja-do-mato de Siau, da Indonésia, que foi avistada pela última vez em 1886. 

Os relatos de avistamentos dos pássaros perdidos poderão ser registrados no eBird, que é um banco de dados em tempo real a respeito das aves que habitam nosso planeta. Observadores de pássaros, cientistas e até pessoas comuns poderão participar dos esforços.