Notícias » Estados Unidos

“Descoberta muito rara”: Pesquisadores encontram filhote de tartaruga com duas cabeças

O caso aconteceu na Carolina do Sul, Estados Unidos; para os especialistas, o ocorrido foi resultado de uma mutação genética

Penélope Coelho Publicado em 28/07/2021, às 14h43

Fotografia da tartaruga com duas cabeças
Fotografia da tartaruga com duas cabeças - Divulgação/Facebook/South Carolina State Parks

Recentemente, a Patrulha das Tartarugas Marinhas do Parque Estadual de Edisto Beach, na Carolina do Sul, Estados Unidos, se deparou com um achado inusitado, trata-se da descoberta de um filhote de tartaruga com duas cabeças. As informações foram publicadas nesta quarta-feira, 28, pelo UOL.

De acordo com a instituição, a equipe do parque recebeu uma chamada de emergência, a intenção era averiguar quais ovos de tartaruga haviam sido chocados, para contabilizar os filhotes vivos.

Ao cavarem a areia, os pesquisadores encontraram vivos três filhotes de tartarugas marinhas cabeçudas, que ainda estavam na câmara. Contudo, um dos filhotes em especial chamou mais atenção, pelo fato impressionante de ter duas cabeças.

Segundo informado pelo parque Edisto Beach, acredita-se que o pequeno animal marinho em questão seja o resultado de uma mutação genética. Sabe-se que esse não é o primeiro caso do tipo na Carolina do Sul, entretanto, foi algo inédito para o grupo, que definiu a descoberta como “muito rara”.

A instituição fez uma publicação em sua página oficial do Facebook revelando o ocorrido. De acordo com o post, os especialistas tiraram algumas fotos da tartaruga, logo após, ela e os outros dois filhotes foram soltos no oceano.