Notícias » Arqueologia

Nova espécie de dinossauro que viveu há 90 milhões de anos é descoberta no Paraná

Divulgado ontem, 26, o fóssil prova a existência de dinossauros em território brasileiro muito antes da grande extinção

André Nogueira Publicado em 27/06/2019, às 16h00

None
- Divulgação

Pesquisadores descobriram o fóssil de uma espécie, até então desconhecida, de dinossauro que viveu na região do Paraná há pelo menos 90 milhões de anos atrás. Os vestígios do sítio de Cruzeiro do Oeste foram identificados por pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá, em associação com paleontólogos da USP e do Museu Paleontológico de Cruzeiro do Oeste.

O dinossauro foi batizado de Vespersaurus paranaenses e media cerca de um metro e meio de comprimento, era carnívoro e andava sobre duas pernas. Possuía uma singular garra nas patas traseiras, em formato de lâmina, que provavelmente era uma vantagem evolutiva para a caça. Seu esqueleto também era poroso e leve, como os das aves modernas.

Crédito: Eduardo Cavalari/RPC/Reprodução

 

O animal vivia na época em que a região era um deserto. Essa descoberta prova a existência de dinossauros em território brasileiro que viveram mais de 30 milhões de anos antes da grande extinção das espécies gigantes, que dominavam a região.

Os fósseis em questão foram primeiramente encontrados por agricultores da região de Cruzeiro do Oeste nos anos 1970 e encaminhados para a Universidade Estadual de Ponta Grossa. Porém, só agora os vestígios foram analisados.