Notícias » Estados Unidos

Documentário revela como Biden aconselhou Obama a agir durante operação que matou Bin Laden

Um dos assuntos tratados pelo documentário da CNN foi a morte do terrorista durante a Operação Neptune Spear

Ingredi Brunato Publicado em 07/12/2020, às 15h45

Joe Biden, do Partido Democrata
Joe Biden, do Partido Democrata - Wikimedia Commons

O documentário “Presidente em Espera”, que foi produzido pelo canal norte-americano CNN e lançado no último sábado, aborda as atuações políticas dos vice-presidentes estadunidenses ao longo dos anos, entre esses o próprio Joe Biden, revelando detalhes interessantes da trajetória do presidente eleito. 

Um desses detalhes é como foram tomadas as decisões em relação à Operação Neptune Spear, que matou em 2011 o terrorista Osama Bin Laden, autor do ataque às Torres Gêmeas no 11 de setembro de 2001. 

Segundo dito pelo próprio Biden no documentário, ele teria aconselhado cautela ao presidente dos EUA da época, Barack Obama, sugerindo que o avião militar sobrevoasse a localização onde eles acreditavam que estava o terrorista mais de uma vez, para garantir que não invadiriam o prédio errado. Ao mesmo tempo, o vice do governante aconselhou que ele seguisse seus instintos. 

De acordo com o que foi divulgado pelo The Daily Beast, o diretor do documentário, Jeffrey Roth, ainda comentou que: “O presidente Obama deu ao vice-presidente Biden mais responsabilidades. Ele precisava dessa ajuda porque Obama, tendo sido senador durante um único mandato, precisava dessa experiência - e trouxe Biden por causa disso”.

Sobre Biden 

No dia 7 de novembro, a projeção da agência Associated Press confirmou que o candidato democrata Joe Biden conseguiu atingir 274 delegados — 4 a mais do que o necessário —, sendo eleito o 46º presidente dos Estados Unidos. O presidenciável disputava a vaga contra o republicano Donald Trump, que buscava a reeleição. 

O anúncio da vitória ocorreu após o término da apuração no estado da Pensilvânia. Biden também venceu na contagem de votos totais, com mais de 4 milhões de votos. Veículos como a CNN, The New York Times e NBC também apontaram a vitória do democrata.

Joe Biden não apenas será responsável por tirar o título do ex-apresentador de ‘O Aprendiz’, como também baterá um recorde do antecessor: Será o mais velho a assumir o cargo de presidente dos Estados Unidos. Trump já havia declarado vitória no dia 4 de novembro, antes mesmo do encerramento da apuração.

Formado em história, ciência política e direito, Biden atuou por algum tempo como advogado antes ir para a área da política. Ele foi um senador bem-sucedido, certa vez tendo até seis mandatos consecutivos. 

As duas últimas vezes que tentou concorrer a presidência, não teve sucesso. Foi nessa segunda tentativa, inclusive, que ele se aproximou de Barack Obama, e os dois políticos acabaram formando a chapa que venceu as eleições de 2008 nos Estados Unidos. Biden foi o vice de Obama durante seus dois mandatos.