Notícias » França

Em busca do dono, museu expõe pintura do século 19, que foi saqueada na Segunda Guerra

A obra é de autoria do artista francês Nicolas Rousseau e havia sido roubada do proprietário original por soldados alemães

Vanessa Centamori Publicado em 20/08/2020, às 09h11

Museu World Centre For Peace
Museu World Centre For Peace - Divulgação/CDT Meuse/Michel Petit

Uma pintura do século 19, que foi roubada na época em que a França era ocupada por nazistas, durante a Segunda Guerra Mundial, está em exibição no Museu World Centre For Peace, na cidade francesa de Verdun. A intenção é colocar o quadro sob holofotes para encontrar o seu legítimo proprietário. 

Segundo o jornal britânico The Guardian, a pintura a óleo é de autoria do artista francês Nicolas Rousseau e foi entregue por um filho de um soldado alemão às autoridades francesas. O quadro havia passado 76 anos na Alemanha. 

Na exposição em Verdun, a obra fica agora em evidência ao lado de uma placa, que diz: “Se você reconhecer a paisagem ou tiver alguma informação sobre esta pintura, ficaríamos gratos se você nos avisasse”.

A cada ano, cerca de 60 mil visitantes passam pelo saguão onde está exibido o quadro.  “Queríamos que fosse imediatamente acessível aos visitantes quando entrassem e de forma gratuita”, contou ao The Guardian, o diretor do museu, Philippe Hansch. “Há orgulho e emoção, muita felicidade, mas também uma grande responsabilidade.”

Hansch foi quem se encarregou de trazer a pintura de Berlim de carro, no começo de agosto. Segundo ele, o valor da obra é estimado de 3 mil a 5 mil euros. Ela retrata uma figura sentada na margem de um rio, durante um dia nublado.