Notícias » Brasil

Em São Paulo, nome de avenida que homenageava apoiador da ditadura é alterado

Agora, o local passa a se chamar Avenida Mário de Andrade, em referência ao autor de ‘Macunaíma’

Penélope Coelho Publicado em 08/10/2021, às 10h14

Mário de Andrade
Mário de Andrade - Wikimedia Commons/Domínio público

Na última quinta-feira, 7, entrou em vigor a lei para alteração do nome da Avenida Auro Soares de Moura Andrade, localizada na região da Barra Funda, zona oeste de São Paulo.

Agora, o local passa a se chamar Avenida Mário de Andrade, em homenagem ao escritor brasileiro, autor da famosa obra Macunaíma (1928).

A antiga nomenclatura da avenida fazia referencia a um ex-senador que em 1964 apoiou o golpe da ditadura militar. Na época, Auro concorreu como vice-presidente na eleição indireta que elegeu Marechal Castello Branco.

De acordo com informações publicadas pelo jornal O Estado de São Paulo, a mudança promulgada pelo prefeito Ricardo Nunes fará uma continuação da Rua Mário de Andrade, que fica entre a Avenida Pacaembu e a Avenida General Olímpio da Silveira.

Desde o início do projeto, apoiadores da mudança justificam o pedido de alteração do nome para que uma autoridade que “desrespeitou os preceitos fundamentais democráticos do Brasil” não seja homenageada.