Notícias » Civilizações

Encontrado escudo de guerreiro celta na Europa

O artefato de 2.400 anos foi feito com cascas de árvore. É o primeiro do tipo já encontrado na Europa. Confira!

Thiago Lincolins Publicado em 24/05/2019, às 11h50

None
- Crédito: Reprodução / Universidade de Leicester

Escavações realizadas no condado de Leicestershire, localizado na zona leste da Inglaterra, revelaram uma relíquia que pode revolucionar a história do armamento dos celtas, uma das mais importantes civilizações do mundo antigo.

Os arqueólogos encontraram um escudo de 2.400 anos feito com cascas de árvore. É a primeira vez que os pesquisadores encontram uma relíquia do tipo na Europa. Anteriormente, só foram encontrados escudos de metal e madeira.

De acordo com os pesquisadores envolvidos na descoberta, o material do utensílio permitiu que o guerreiro pudesse se mover rapidamente - pois, era mais leve quando comparado aos outros escudos.

As análises do escudo “Enderby” indicaram que o objeto foi produzido entre 395 e 255 a.C. e tem cascas de árvores como amieiro, salgueiro e álamo.

“Objetos feitos com cascas eram, provavelmente, comuns na antiga Bretanha, mas raramente sobreviveram, então poder estudar esse escudo é um grande privilégio. Ele contém um rico acervo de informações sobre a sociedade e as práticas artesanais da Idade do Ferro”, explicou Rachel Crellin, professora da Universidade de Leicester envolvida na descoberta.

Ao contrário do que é imaginado, escudos produzidos com cascas de árvore eram resistentes. “Nosso trabalho experimental mostrou que o escudo poderia suportar impactos pesados, incluindo proteção contra flechas”.

O objeto está sob os cuidados da instituição de caridade educacional York Archaeological Trust e será exposto no Museu Britânico.