Notícias » Arqueologia

Espada de 600 anos é descoberta por detector de metais na Polônia

Pesquisadores acreditam que a arma pode ter sido usada por soldado durante a Batalha de Grunwald

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 29/04/2021, às 15h47 - Atualizado às 22h44

Espada encontrada na Polônia
Espada encontrada na Polônia - Divulgação/Marshal Office of Warmia and Mazury

Um comunicado do Gabinete do Marechal de Vármia e Masúria anunciou, no último dia 22, que um entusiasta de arqueologia usou um detector de metais para desenterrar uma impressionante espada de 600 anos. As informações são do LiveScience.

O homem, de nome Alexander Medvedev, encontrou outros artefatos além da espada, como duas facas, um cinto e fragmentos de metal de uma bainha. A descoberta foi feita nas proximidades da cidade de Olsztyn, na Polônia.

Para os arqueólogos, que estão analisando a espada encontrada, é possível que ela tenha sido utilizada por um combatente na Batalha de Grunwald, que aconteceu na região em 1410. 

Crédito: Divulgação/Marshal Office of Warmia and Mazury

 

Szymon Drej, diretor do Museu da Batalha de Grunwald, disse em nota que uma análise realizada no item, que está em um ótimo estado de conservação, poderá revelar detalhes sobre "status social de um dono de espada medieval”.

“Também vamos examinar o local da escavação do monumento com mais profundidade para conhecer o contexto situacional da sua origem”, explicou Drej. Pesquisadores afirmaram que "tal descoberta é encontrada uma vez em décadas".


Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.