Notícias » Estados Unidos

Estados Unidos dizem que estão 'preparados' caso esforços diplomáticos não funcionem

Fala foi feita pelo secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, nesta terça-feira, 8

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 08/03/2022, às 15h43

Antony Blinken, secretário de Estado dos Estados Unidos
Antony Blinken, secretário de Estado dos Estados Unidos - Getty Images

Antony Blinken, que ocupa o cargo de secretário de Estado dos Estados Unidos, afirmou, nesta terça-feira, 8, que, caso a diplomacia com a Rússia não funcione, o país está "preparado" para resolver os conflitos na Ucrânia.

Os Estados Unidos buscam, agora, manter o "compromisso" de impor sanções ao Kremlin. As informações são do UOL.

O secretário de Estado dos Estados Unidos disse, ao lado da primeira-ministra da Estônia, Kaja Kallas, em uma entrevista coletiva, durante sua visita ao país europeu, que há esforços para dar um fim ao conflito entre a Rússia e a Ucrânia:

Estamos agindo sobre isso em nosso apoio à Ucrânia para garantir que exercemos pressão máxima sobre Putin para acabar com a guerra. Estamos preparados para isso em termos de garantir que nossa aliança seja forte e preparada para defender cada centímetro do território da Otan", afirmou Blinken.

Blinken, que também se reuniu com a ministra de Relações Exteriores da Estônia, falou mais sobre a situação com a Rússia, dizendo que os cidadãos russos não sabem o que a sua pátria está fazendo dentro das cidades ucranianas:

Eles acham que a Rússia está libertando a Ucrânia, mas eles estão destruindo o país. A gente vai se contrapor a essa desinformação russa [...] A gente quer que as pessoas saibam a verdade. Isso não é uma guerra de libertação, é a guerra do Putin para subjugar um país democrático", comentou.