Notícias » Estados Unidos

Ex-marido de Naya Rivera abre processo de homicídio culposo pela morte da atriz

A estrela do seriado Glee faleceu em julho desse ano, após um passeio de barco que fazia com seu filho na Califórnia

Redação Publicado em 19/11/2020, às 12h08

Naya Rivera em 2010
Naya Rivera em 2010 - Wikimedia Commons

De acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira, 19, pela BBC, Ryan Dorsey, ex-marido da atriz Naya Rivera, abriu um processo por negligência pela morte da ex-mulher. Em julho de 2020, a atriz faleceu após sair para uma viagem de barco acompanhada de seu filho — na época com quatro anos—, no Lago Piru, em Los Angeles.

Na ocasião, a criança foi encontrada sozinha no barco pelas autoridades locais e o corpo de Rivera foi encontrado dias depois, sem vida. A causa seria ‘morte acidental’. A atriz que ficou conhecida por interpretar a personagem Santana Lopez no seriado Glee, faleceu aos 33 anos de idade.

Segundo revelado na reportagem, Dorsey, abriu uma ação por homicídio culposo para as autoridades do local e os administradores do Lago Piru. O ex-marido da estrela alega que os visitantes não foram alertados sobre os perigos do local.

Além disso, o ex-companheiro também afirma que o barco alugado por Naya não estava “equipado com escada de acesso seguro, corda adequada, âncora, rádio ou quaisquer mecanismos de segurança para evitar que os nadadores se separassem de seus barcos". 

O processo aberto por Ryan, também alega que a embarcação não apresentava nenhum dispositivo de flutuação. Até o momento, as autoridades da Califórnia não se posicionaram sobre a ação movida pelo ex-marido da atriz.