Notícias » Estados Unidos

Facebook decide suspender Donald Trump da plataforma por dois anos

As contas do ex-presidente norte-americano só poderão ser recuperadas depois de uma segunda avaliação, em janeiro de 2023

Pamela Malva Publicado em 05/06/2021, às 12h00

O ex-presidente norte-americano Donald Trump
O ex-presidente norte-americano Donald Trump - Getty Images

No dia 8 de janeiro, o ex-presidente Donald Trump foi permanentemente suspenso do Twitter, por suposto incentivo à invasão do Capitólio. Agora, após meses distante das redes sociais, o repulicano também foi suspenso do Facebook pelo período de dois anos.

Segundo o UOL, a empresa internacional, que também é dona do Instagram, anunciou que iria suspender as contas de Trump no Facebook até janeiro de 2023. Depois disso, uma nova avaliação deve verificar a possibilidade da volta do político para a plataforma.

“Dada a gravidade das circunstâncias que levaram à suspensão do Sr. Trump, acreditamos que suas ações constituíram uma violação grave de nossas regras que merecem a maior penalidade disponível sob os novos protocolos de aplicação”, afirmou Nick Clegg, vice-presidente de assuntos globais do Facebook, em anúncio oficial.

De acordo com o representante, será apenas depois desses dois anos que o Conselho de Supervisão de Conteúdo do Facebook irá procurar por “especialistas para avaliar se o risco para a segurança pública diminuiu". Caso a avaliação indique que ainda existe algum risco, a suspensão poderá ser estendida por mais algum período.

Ainda mais, o Facebook anunciou, na última quinta-feira, 03, que iria passar a tratar discursos de políticos da mesma forma que os de demais usuários. Dessa forma, a plataforma anunciou que as falas de políticos não serão mais isentas das aplicações de regras da comunidade que proíbem discursos de ódio, por exemplo.