Notícias » Descoberta

Família britânica descobre que decorações de quintal eram antigas esfinges egípcias de R$ 1,4 milhão

As estatuetas históricas foram examinadas e só tiveram o valor estimado após ser arrematada com um lance alto em leilão

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 14/10/2021, às 11h13

Fotografia das esfinges encontradas em jardim
Fotografia das esfinges encontradas em jardim - Divulgação / Mander Auctioneers

Buscando se livrar de itens pessoais, uma família residente do condado de Suffolk, na Inglaterra, entrou em contato com uma casa de leilões local para analisar se algum item da residência era interessante para aquisição.

Entre os objetos, duas estatuetas que decoravam o quintal da residência chamaram atenção da instituição, recebendo a informação de que se tratavam de peças de jardim do século 19 esculpidos em pedra.

Dessa maneira, a Mander Auctioneers, empresa responsável pela coleta, fixou o preço do lote em 300 a 500 libras esterlinas (entre R$ 2,255 a R$ 3,759) como lance inicial.

Porém, outras casas de leilões na Inglaterra notificaram a empresa para avaliar a peça com mais atenção dado os traços externos. Assim que examinada por especialistas, a empresa notou que tratavam-se de esculturas egípcias milenares.

Fotografia das esfinges encontradas em jardim / Crédito: Divulgação / Mander Auctioneers

 

A família, que havia comprado a peça 15 anos antes por algumas centenas de libras, não apenas se surpreenderam positivamente com a descoberta, como ficarão com a maior parte das 195 mil libras esterlinas (cerca de R$ 1,4 milhão em cotação atual) do arremate final das peças, como informa a ITV.

O comprador do lote não teve o nome revelado, mas sabe-se que é representante de uma entidade internacional. Ambas as esfinges possuem pouco mais de 1 metro se comprimento e possuem partes remendadas com concreto pelos últimos donos.