Notícias » Egito Antigo

Fornos egípcios de 2 mil anos são utilizados por fazendeiros para chocar milhares de ovos

O aparelho da Antiguidade permite que os trabalhadores rurais preparem até 4 mil ovos em apenas uma fornada

Alana Sousa Publicado em 10/03/2020, às 13h00

Os ovos depositados no chão do forno de 2 mil anos
Os ovos depositados no chão do forno de 2 mil anos - Divulgação

Um forno egípcio de mais de dois mil anos vem impressionando pesquisadores. O motivo é simples: a invenção mostra-se mais útil do que um forno feito com tecnologia moderna. O artefato antigo consegue fazer um admirável trabalho de chocar um grande número de ovos de uma só vez, por isso é mantido em atividade.

O forno ainda é usado por fazendeiros egípcios, que conseguem preparar até quatro mil ovos em apenas uma fornada. Em sua maioria os agricultores residem na Vila de Berme e são responsáveis por passar seus conhecimentos tanto para gerações mais novas, como para pessoas que vivem outras regiões.

Fazendeiro egípcio ao lado do forno antigo / Crédito: Divulgação

 

As estruturas milenares são tratadas como verdadeiros patrimônios culturais, os detalhes de como funcionam e são construídas são mantidos em segredo. Sabe-se que os fornos possuem cerca de 2,5 metros, com uma galeria de um metro. Dentro da sala principal existem duas câmaras com duas chaminés, na qual o trabalhador entra e deposita os ovos no chão. Ainda há uma câmara extra para os homens descansarem.

Acredita-se que no Egito Antigo tais fornos podiam abrigar de três a doze câmaras, chegando a cozinhar até 80 mil ovos, um número impressionante para o período. Isso mostra que enquanto outras civilizações ainda dependiam de meios naturais para reproduzir as galinhas, os egípcios já haviam encontrado uma forma inovadora de realizar o mesmo trabalho.

Mesmo que o forno seja mantido pelo calor — e o fato não é novidade para ninguém — mais uma vez o aparelho egípcio surpreende. Ao invés de utilizar carvão ou madeira, o forno funciona com a queima de esterco de camelo e vaca; as chaminés presentes nas câmaras também auxiliam no processo, pois liberam um pouco de fumaça para a sala oposta. No final, os ovos estão no ponto certo após 21 dias.