Notícias » Personagem

Gwyneth Paltrow é processada após explosão de vela com cheiro de ‘vagina’

O comprador afirma que a vela explodiu após três horas acesa, enquanto a empresa da atriz nega as acusações

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 19/10/2021, às 16h12

Gwyneth Paltrow na estreia da série "goop lab com Gwyneth Paltrow"
Gwyneth Paltrow na estreia da série "goop lab com Gwyneth Paltrow" - Getty Images

Nesta terça-feira, 19, foi revelado que a atriz Gwyneth Paltrow, conhecida por seus papéis em Homem de Ferro, Vingadores e na série The Politician, está sendo processada devido a um acidente com uma de suas velas com cheiro de ‘vagina’.

Produtos de sua empresa de estilo de vida e bem-estar, chamada Goop, as velas começaram como uma piada entre o departamento de perfumes. No entanto, quando lançadas, tornaram-se um meme na internet e ascenderam como o carro-chefe do estabelecimento da atriz.

O caso que levou ao processo aconteceu com o cliente Colby Watson, do estado do Texas nos Estados Unidos. Segundo ele, a vela ficou acesa por cerca de três horas, quando começou a ser engolfada em grandes chamas e explodiu, danificando o móvel no qual havia sido colocada. As informações são do site Jovem Pan.

O dono da vela também indicou que viu o aviso no site da empresa de Gwyneth Paltrow de que o produto deve ficar aceso por no máximo duas horas, mas, diz que isso não é o suficiente considerando as consequências possíveis.

A empresa Goop apontou que as velas já foram testadas anteriormente e rebateu as acusações em nota de imprensa à publicação TMZ. Além de afirmar que as intenções do cliente com o processo não são honestas. 

“Estamos confiantes de que essa alegação é frívola e uma tentativa de garantir um pagamento excessivo de um produto. Nós confiamos nas marcas que representamos e na segurança dos produtos que vendemos”.