Notícias » Política

O que esperar do segundo encontro entre Donald Trump e Kim Jong-Un?

Os líderes dos EUA e Coreia do Norte se encontraram nessa quarta-feira no Vietnã e debateram sobre o poder nuclear do país asiático

Alana Sousa Publicado em 27/02/2019, às 13h30

Donald Trump e Kim Jong-Un se encontram pela segunda vez
Donald Trump e Kim Jong-Un se encontram pela segunda vez - Getty Images

Donald Trump e Kim Jong-Un se encontraram novamente nesta quarta-feira, 27. É a segunda vez na história que um presidente norte-americano e um ditador norte-coreano sentam juntos para discutir questões políticas.

O jantar aconteceu em Hanói, no Vietnã, e rendeu declarações de Trump para Kim, que afirmou ser um “grande líder” e que enxerga para a Coréia do Norte “um potencial econômico tremendo”.

Já Kim afirmou que o encontro só aconteceu graças à “corajosa decisão política” de Trump. E que os dois tiveram “uma conversa muito interessante” de 30 minutos.

A reunião entre os líderes teve como principal pauta a desnuclearização da Coréia do Norte. Trump propôs que o país asiático aceitasse a entrada de inspetores americanos em áreas nucleares, além de Kim concordar em fechar o centro de pesquisa nuclear de Yongbyon. Em troca, Kim exige o fim de sanções impostas como punição pelos testes nucleares realizados pelos norte-coreanos no passado.

Ambos os líderes expressaram otimismo com a reunião. Kim disse que após a primeira cúpula, realizada em junho de 2018, o mundo “não compreendeu” a relação entre EUA e Coréia do Norte. E espera que agora consiga trazer “um resultado que agrade a todos”.