Notícias » Crimes

Homem confessa ter amarrado cachorro em linha de trem no interior de São Paulo

A atitude causou a morte do animal, encontrado com ferimentos profundos pelo atropelamento; o sujeito foi autuado por maus-tratos e multado em R$ 6 mil

Redação Publicado em 03/08/2021, às 08h14

Pregos de trem onde o cachorro foi amarrado
Pregos de trem onde o cachorro foi amarrado - Divulgação / G1

Um homem foi autuado por maus-tratos após confessar que foi responsável por amarrar um cachorro na linha de um trem em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, na última sexta-feira, 30, como revela o portal G1.

A confissão resultou em uma multa de R$ 6 mil ao suspeito, que justificou o ato após ser identificado por testemunhas. Apesar de não ter a identidade revelada pela Polícia Militar Ambiental, o homem alegou que o animal estava matando galinhas de sua propriedade e acarretando em prejuízos pessoais, resultando na revolta subsequente.

O animal foi amarrado em um dos pregos estruturais instalados na linha férrea e deixado sem chances de se desprender, dado o fluxo de passagem de trens na linha. A Polícia já encontrou o animal sem vida no local, com a corda amarrada em seu pescoço e diversos ferimentos pelo corpo decorrentes do atropelamento.

Mesmo com a multa aplicada, o suspeito ainda responderá pelo crime de maus-tratos a animais, podendo ser sentenciado entre dois e cinco anos de reclusão.