Notícias » EUA

Na Flórida, homem é preso após castrar clandestinamente pessoa que conheceu na dark web

Gary Van Ryswyk realizou a cirurgia de castração em homem de 53 anos, que teria o procurado por sentir fetiche pelo procedimento

Redação Publicado em 22/08/2019, às 11h00

None
- Reprodução

Gary Van Ryswyk, um cidadão da Flórida de 74 anos, foi preso após realizar uma cirurgia de castração em um homem de 53 anos que o procurou na Dark Web. Aparentemente, o encontro foi motivado por um fetiche em castração, que levou à prisão de Ryswyk por prática não autorizada da medicina e lesão corporal.

Os homens teriam se conectado pela internet e combinado o insólito procedimento. Ao receber a polícia, Ryswyk falou naturalmente sobre a castração. 

Na cama, as autoridades encontraram o segundo homem deitado e ensanguentado, ao lado de seus testículos depositados em uma tigela. O quarto estava modificado para criar um centro cirúrgico improvisado, com equipamentos de má qualidade.

O procedimento foi realizado com instrumentos velhos / Crédito: Reprodução

 

Aparentemente, não é o primeiro contato de Ryswyk com a castração: ele teria realizado a técnica em vários animais e, supostamente, removido um de seus próprios testículos em 2012.

O homem que passou pelo procedimento foi levado a um hospital. Já Van Ryswyk acabou sendo preso, podendo pagar uma fiança de 250 mil dólares.