Notícias » Arqueologia

Impressionante fábrica de sal romana é encontrada na Inglaterra

Pesquisadores descobriram tanques para a salmoura, cerâmicas e evidências de transporte do produto em um local inesperado

Isabela Barreiros Publicado em 08/10/2020, às 14h40

Escavações realizadas na Inglaterra
Escavações realizadas na Inglaterra - Divulgação/Spalding Today

Escavações realizadas na vila de Pinchbeck, localizada na Inglaterra, revelaram evidências da existência de uma antiga fábrica de sal que data do período romano da região. A descoberta é ainda mais impressionante porque nada desse tipo havia sido encontrado no local anteriormente.

“Nada era esperado do local antes da avaliação. Havia uma fotografia aérea que mostrava uma marca de corte, mas não havia indicação da qualidade da arqueologia. Isso realmente acrescentou ao conhecimento da área. Antes, acreditava-se que a área não tinha muita atividade até recentemente”, explicou o gerente de projeto, Mick McDaid.

Por meio da atividade que durou cerca de quatro meses, arqueólogos puderam, finalmente, localizar duas valas substanciais, que tinham a função de transportar o sal, tanques usados para a salmoura e impressionantes cerâmicas romanas. Além disso, evidências de um assentamento medieval também foram descobertas no local.

“Spalding e a área circundante seriam riachos que forneceriam o local ideal para a criação de sal. Os romanos usariam uma lareira para evaporar a água das marés em salmoura para criar sal”, afirmou McDaid. Segundo ele, “não há indícios de que se tratasse de algum tipo de assentamento, mas apenas para uso industrial”. 

“Temos as valas de recinto do assentamento. Temos poços com restos de carvão e possivelmente há sal medieval sendo produzido por lá e o que parecem ser tanques para a salmoura”, disse o gerente.