Notícias » Inglaterra

Joias do rei Eduardo VII são roubadas do Castelo de Sudeley, na Inglaterra

Objetos que pertenceram ao monarca do Reino Unido, que governou entre 1901 e 1910, foram surrupiados por quatro homens

André Nogueira Publicado em 18/09/2019, às 11h24

None
- Reprodução / Polícia de Gloucestershire

Durante um ataque ao antigo castelo do rei Eduardo VII, joias com que o monarca presenteou sua amante foram roubadas. Pertecentes a coleção feita pelo Lord Ashcombe, os objetos estavam expostos no Castelo de Sudeley, em Winchcombe.

Entre os itens roubados, encontram-se uma caixa de ouro e uma miniatura do rei Edward cravada de diamantes, além de um maço de cigarros Faberge em ouro e um relógio Cartier de 1910.

Os quatro ladrões responsáveis pelo ato foram flagrados pelas câmeras de segurança carregando uma cadeira, uma marreta e uma bolsa, aproximando-se do edifício.

Castelo onde ocorreu o crime / Crédito: Reprodução

 

"Havia belos artefatos em exibição para que todos pudessem desfrutar e eram muito preciosos", afirmou Lady Ashcombe, responsável pelo local.

"Eles (os objetos) devem ser fáceis de identificar e, se alguém souber que eles estão sendo oferecidos para venda, eu os exortarei a denunciá-lo à polícia o mais rápido possível”, completou Steve Bean, detetive responsável pela investigação.