Notícias » Monarquia

Maria Galitzine, descendente do último imperador da Áustria, morre aos 31 anos

A morte da princesa é a terceira na família real da Áustria em um curto intervalo de tempo

Penélope Coelho Publicado em 15/05/2020, às 11h10

Maria Galitzine ao lado de seu marido, Rishi Singh
Maria Galitzine ao lado de seu marido, Rishi Singh - Divulgação

A princesa Maria Galitzine, da dinastia Habsburgo teve uma morte repentina, após sofrer um aneurisma no coração, no dia 4 de maio deste ano. No entanto, a notícia de seu falecimento só foi confirmada ontem, 14, através do obituário do jornal The Houston Chronicle, periódico local da cidade americana no Texas, onde a princesa vivia.

Maria era bisneta daqueles que foram os últimos imperadores da Áustria, Charles I e sua mulher, Zita de Bourbon-Parma. Pouco antes de completar 32 anos, Galitzine passou mal e teve um aneurisma imediato, sem a possibilidade de prestação de socorro.

Quem foi a princesa

Maria Galitzine nasceu em 11 de maio de 1988, no país europeu de Luxemburgo. Filha do príncipe Piotr Galitzine e da arquiduquesa Maria Anna da Áustria, ela tinha mais cinco irmãos. Galitzine se formou em arte e design e se estabilizou na cidade americana de Houston, seguindo a carreira de designer de interiores.

A mulher havia se casado em 2017 com Rishi Roop Singh e tinha um filho de apenas dois anos, Maxim. Segundo o comunicado, a morte da princesa não tem nenhuma relação com o novo coronavírus.

Porém, em sua família ocorreram mortes recentes causadas pela Covid-19. Antes de Maria Galitzine, a família Bourbon-Parma já havia perdido Maria Teresa e Diana de Borboun Parma, sobrinhas da imperatriz Zita, que faleceram há algumas semanas por conta do coronavírus.