Notícias » Índia

Menino de 4 anos desrespeita quarentena e é atacado por porcos na Índia

Sua família relatou o desaparecimento para a polícia, que o encontrou morto e parcialmente devorado pelos animais

Wallacy Ferrari Publicado em 23/04/2020, às 09h38

Imagem ilustrativa de uma vara de porcos
Imagem ilustrativa de uma vara de porcos - Flickr

Um menino deixou a sua casa em Hyderabad, no sul da Índia, na última terça-feira, 21, para brincar em uma área isolada, perto de sua residência.  Quando foi para um campo aberto, acabou sendo surpreendido por uma manada de porcos selvagens, que arrastaram o garoto para um depósito de lixo próximo ao local, sendo a última vez que foi visto vivo por testemunhas.

Quando a polícia foi chamada, o corpo do garoto já foi encontrado sem vida e parcialmente devorado pelos porcos. Enquanto a polícia realizava os trabalhos de identificação da criança, os pais do garoto caminhavam próximo ao depósito e foram observar do que se tratava, dando de cara com o filho destroçado e com as vestimentas rasgadas.

De acordo com os habitantes locais, as autoridades já haviam sido notificadas sobre a atividade dos porcos na região, sempre atacando moradores com violência e em bando, porém, nada foi feito para impedi-los de ficarem soltos na região.

Com a crise do coronavírus, diversos animais selvagens também foram vistos circulando livremente pelas ruas da Índia, com gravações de leões andando por vilarejos e registros de vacas e búfalos perambulando nas ruas do segundo país mais populoso do mundo.

Na Índia, 20.471 casos foram notificados até a manhã desta quinta-feira, 23, com 652 mortes registradas em decorrência dos efeitos do COVID-19.