Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / China

Mulher cria animal selvagem pensando ser filhote de cachorro

Mais lidas: A curiosa confusão foi feita por uma moradora de Xangai, uma cidade da China

Redação Publicado em 05/07/2022, às 16h15 - Atualizado em 09/07/2022, às 12h00

Fotografias do pequeno animal - Divulgação/ Arquivo Pessoal
Fotografias do pequeno animal - Divulgação/ Arquivo Pessoal

Na cidade chinesa de Xangai, uma mulher que pensava ter adotado um filhote de cão abandonado teve uma grande surpresa ao descobrir que havia, sem querer, tratara um animal selvagem como bicho de estimação. 

Hu Nan encontrara o pequeno mamífero no quintal da casa de sua vizinha durante a quarentena imposta pelo governo chinês devido ao novo surto de covid-19 no país, e decidiu cuidar dele. Ela ainda o batizou de "Jixiang", expressão equivalente a "boa sorte" no idioma local. 

Segundo uma reportagem do The Mirror a respeito do curioso caso, o animal, que a princípio era pequeno o suficiente para caber na mão de sua nova dona, foi tratado com mamadeiras de leite e cobertores elétricos aquecidos. 

Com o passar do tempo, todavia, o crescimento de Jixiang revelou uma aparência diferente da esperada, levando a chinesa a enviar fotografias do bicho para especialistas. Foi assim que ela descobriu que estava cuidando, na verdade, de um cão-guaxinim. 

Espécie silvestre

Cães-guaxinins são um tipo de canídeo primitivo de aparência mista entre guaxinim e cachorro, e não é recomendável que sejam mantidos como animais de estimação. Eles costumam ser encontrados no Japão, Manchúria e Sibéria. 

Fotografia de cães-guaxinins adultos / Crédito: Domínio Público/ Arquivo Pessoal/ Inaba 

Após a descoberta da verdadeira espécie de seu companheiro de quatro patas, Hu Nan o enviou para uma reserva animal, onde Jixiang estará sob cuidado de profissionais. 

Quando ele estiver adulto, eles possivelmente vão o liberar na natureza, mas isso ainda não foi decidido", explicou a chinesa, ainda de acordo com o The Mirror.