Notícias » Saúde

Mulher possivelmente livrou seu corpo naturalmente do vírus HIV, afirmam médicos

O caso é o segundo já registrado

Penélope Coelho Publicado em 16/11/2021, às 14h33

Imagem ilustrativa de teste de HIV
Imagem ilustrativa de teste de HIV - Divulgação/Ministério da Saúde

Nesta terça-feira, 16, médicos da Argentina e dos Estados Unidos divulgaram informações animadoras a respeito do caso de uma mulher de 30 anos, que lutou contra o HIV (vírus da imunodeficiência humana) e agora possivelmente foi curada pelo próprio sistema imunológico.

De acordo com os profissionais da saúde, os registram mostram que a paciente argentina é a segunda pessoa no mundo que livrou o vírus de seu corpo de maneira natural, após de análises em seu sangue não apresentarem mais a presença do vírus. As informações são do portal de notícias UOL.

Apelidada de ‘Paciente Esperanza’, a mulher foi diagnosticada com HIV em 2013, de acordo com a publicação, nos primeiros oito anos ela não fazia uso da terapia antirretroviral.

Tomando medicamentos somente por seis meses, quando estava grávida para garantir a saúde do bebê.

Sabe-se que os pesquisadores ainda não têm uma explicação para o corpo humano se curar sozinho do vírus HIV. De qualquer forma, os casos — apesar de muito raros — ajudam no estudo para uma possível cura do vírus.

"Essas descobertas, especialmente com a identificação de um segundo caso, indicam que pode haver um caminho acionável para uma cura esterilizante para pessoas que não são capazes de fazer isso por conta própria”, pontua o médico envolvido na pesquisa, Dr. Xu Yu.