Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rinoceronte-negro

Nascimento de filhote de rinoceronte é capturado por transmissão ao vivo

O nascimento do rinoceronte-negro, presente na lista dos animais mais ameaçados de extinção, aconteceu em um zoológico do Reino Unido

Redação Publicado em 27/11/2023, às 17h54

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem da filhote de rinoceronte-negro - Divulgação/Chester Zoo
Imagem da filhote de rinoceronte-negro - Divulgação/Chester Zoo

No último dia 12 de novembro, uma filhote fêmea de rinoceronte-negro-oriental (Diceros bicornis michaeli) nasceu no Zoológico de Chester (Chester Zoo), na Inglaterra. Seu parto foi capturado por uma gravação ao vivo e repercutido no mundo todo. 

Esta espécie, tida como criticamente ameaçada de extinção pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), possui menos de 600 exemplares em todo o mundo, e a maioria se encontra em regiões de Ruanda, Quênia e Tanzânia. 

Infelizmente, esta é uma espécie que, por mais de um século, tem sido caçada e morta por seus chifres antes de ser vendida nos mercados ilegais de vida selvagem. A chegada desta preciosa recém-nascida é mais um passo positivo na proteção da espécie", explicou Emma Evison, gerente da equipe de rinocerontes do Zoológico de Chester, em um comunicado.

O nascimento ocorreu graças a um programa de reprodução de espécies ameaçadas, que conta com a colaboração do Chester Zoo. A filhote veio ao mundo às 14h45 do horário local após uma gestação que durou 15 meses. 

Estávamos ansiosamente aguardando este nascimento por 15 longos meses e, como é bastante incomum para um rinoceronte dar à luz durante o dia, realmente não esperávamos que acontecesse bem diante de nós enquanto estávamos seguindo nosso dia", disse Evison na nota.

Ainda segundo a gerente do zoológico, a mãe, Zuri, tem aproveitado os primeiros dias com sua filha. “Até agora, o par tem sido inseparável, e a pequena está se alimentando regularmente e já ganhando em tamanho e peso. Ela é muito curiosa e cheia de energia, o que é simplesmente brilhante de se ver”, completou Emma Evison.

Proteção

Desde 1999, o Zoológico de Chester tem auxiliado na proteção de rinocerontes-negros como Zuri e sua bebê, por meio de ações no Quênia. Além disso, o santuário possui um laboratório endócrino, o único no país, onde são aprimoradas técnicas para monitorar os hormônios de rinocerontes por meio da análise detalhada de suas fezes.

Em parceria com o governo queniano, a tecnologia será transferida para uma base especializada no país africano, para garantir a conservação do rinoceronte-negro-oriental, um dos principais alvos do comércio ilegal de vida selvagem.

A demanda por chifres de rinoceronte, impulsionada pelo mercado tradicional de medicina asiática, dizimou 95% da população de rinocerontes africanos devido à caça furtiva, como reportado pelo zoológico.

Contudo, dados de 2023 indicam que, pela primeira vez em mais de uma década, houve um pequeno aumento no número de rinocerontes em toda a África, resultado dos esforços de conservação.

Zuri e seu novo filhote são um testemunho da dedicação incansável dos conservacionistas aqui em Chester e ao redor do mundo, que trabalham incessantemente para preservar esses animais magníficos e assegurar seu florescimento no futuro", declarou Mike Jordan, diretor de Animais e Plantas do zoológico.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!