Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Inflação

Biscoito por 0,59: Panfleto de 2001 impressiona internautas

Um panfleto de supermercado viralizou nas redes sociais por relembrar preços de alimentos em 2001

Redação Publicado em 09/06/2022, às 20h05 - Atualizado em 10/06/2022, às 19h20

Panfleto de 2001 - Divulgação/Twitter
Panfleto de 2001 - Divulgação/Twitter

Um panfleto suspenso em um supermercado para ser lembrança da participação do local em uma campanha publicitária, viralizou nas redes sociais por relembrar preços de produtos em 2001. A lata de Nescau que era vendida à R$ 1,96, chamou a atenção dos internautas.

Sustagen à R$10,80, leite ninho por R$ 2,79 e 500g gramas de Nescau por R$ 1,96, já foram realidade. Usuários do Twitter repostaram um panfleto de 2001 exposto em um mercado, comparando os preços da época com a situação atual. Para o brasileiro que hoje gasta cerca de R$8 em 1Kg de feijão, parece impossível imaginar esse cenário. Vale enfatizar que, na época, o salário mínimo era R$ 180. 

Divulgação/Twitter

O post inicial consistia em enfatizar a imagem do bebê saindo do repolho. Com os impactos da inflação e os valores exorbitantes dos produtos, a atenção voltou-se para os preços que hoje são utópicos. 

A lata de Nescau sai em torno de R$ 9,97, leite Ninho R$ 14,20 e o iogurte que custava R$1,09, tem sua bandeja por R$ 10 atualmente. 

Os internautas não deixaram de comparar os preços, expressando que hoje gasta-se muito mais em apenas um dia de compras.

"500g de Nescau a R$ 1,96 não compra nem a caixinha de 200 ml. 400 g de leite Ninho a R$ 2,79 hoje não compra nem o pacote de 100g do leite em pó mais fuleiro. 1k de queijo por R$ 9,48 hoje não compra nem 5 fatias e dá esse valor. Não acredito que esse Brasil existiu!", comentou uma usuária.