Notícias » Afeganistão

No Afeganistão, mulheres fazem protesto contra uso obrigatório da burca

A nova medida foi imposta pelo Talibã no último fim de semana

Redação Publicado em 10/05/2022, às 14h09

Mulher usa burca
Mulher usa burca - Getty Images

Ao menos 12 mulheres afegãs participaram de um protesto nesta terça-feira, 10, em Cabul, contra a obrigatoriedade do uso da burca em público. A medida foi imposta em todo o país pelo grupo fundamentalista islâmico Talibã.

Segundo informações da agência de notícias ANSA, as manifestantes pediram justiça, com dizeres como "burca não é o nosso hijab", referindo-se à substituição do véu que cobre apenas a cabeça pela burca que esconde todo o corpo das mulheres.

A manifestação, no entanto, foi interrompida por combatentes islâmicos, após uma breve marcha no centro de Cabul.

"Queremos viver como seres humanos, não como alguns animais mantidos em cativeiro em um canto da casa", declarou Saira Sama Alimyar

Uso obrigatório

De acordo com a ANSA, o uso obrigatório da burca pelas mulheres foi instituído no último fim de semana por ordens do líder do Talibã, Hibatullah Akhundzada.

Na ocasião, Akhundzada também determinou que as autoridades locais demitam funcionárias do governo que se recusarem a seguir a nova regra, além de que suspendam os homens caso suas esposas e filhas não cumpram a medida.