Notícias » Bizarro

Nos EUA, pescador é abocanhado e cuspido por baleia em alto mar

O bizarro episódio aconteceu na última sexta-feira, 11, enquanto Michael Packard, de 56 anos, mergulhava a trabalho

Pamela Malva Publicado em 14/06/2021, às 17h00

Imagem meramente ilustrativa de baleia jubarte
Imagem meramente ilustrativa de baleia jubarte - Divulgação/ Pixabay/ Free-Photos

Acostumado com seu trabalho nas águas, o pescador profissional de lagostas Michael Packard levou um susto ao ser abocanhado por uma baleia na última sexta-feira, 11. Ainda assim, aos 56 anos, ele sobreviveu ao episódio inusitado, segundo noticiou a NBC.

Segundo a emissora, tudo aconteceu na costa de Cape Cod, em Massachusetts, nos Estados Unidos. Naquele dia, Michael estava realizando mais um mergulho rotineiro de trabalho quando foi capturado pela boca da baleia jubarte.

“De repente senti esse tranco e tudo ficou escuro”, narrou o pescador, à NBC. Na hora, Michael imaginou que estava sendo atacado por um tubarão. Foi apenas quando não sentiu qualquer dor aguda que ele percebeu o que realmente estava acontecendo.

Tendo o conhecimento de que estava na boca de uma baleia, o pescador começou a pensar em sua família, imaginando que seria engolido pelo gigante animal. De repente, contudo, a jubarte emergiu, chacoalhou a cabeça e cuspiu o homem no mar.

Fotografia do pescador Michael Packard / Crédito: Divulgação/ Vídeo/ NBC

 

Ainda em entrevista, Michael estima que ficou dentro da boca do animal por 30 ou 40 segundos, respirando graças ao seu tanque de oxigênio. Uma vez livre, ele foi resgatado por seus colegas, que estavam a bordo de um barco na região.

Michael foi rapidamente levado para o hospital com ferimentos cnsideravelmente leves para o ocorrido. “Tive um joelho deslocado e apenas danos nos tecidos moles das minhas pernas”, explicou o pescador, ainda em entrevista à NBC.

Enquanto estava sendo examinado, inclusive, o homem teve medo de que tivesse “sofrido uma lesão de mergulho por ter subido muito rápido ou uma embolia”. A sorte é que nada disso aconteceu. “Está tudo bem. O médico disse que estou bem”, comemorou.