Notícias » Brasil

Paulo Gustavo doou R$ 1,5 milhão para centro de tratamento de câncer, diz Pe. Júlio Lancellotti

O padre lamentou o falecimento do artista e compartilhou detalhes sobre a ajuda do ator

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 05/05/2021, às 14h35

Pe. Júlio Lancelotti (esq.) e Paulo Gustavo segura Santa Dulce (di.)
Pe. Júlio Lancelotti (esq.) e Paulo Gustavo segura Santa Dulce (di.) - Wikimedia Commons (esq.) - Divulgação/Instagram/Paulo Gustavo (dir.)

Momentos após o anúncio do óbito do comediante Paulo Gustavo, na noite da última terça-feira, 4, o padre Júlio Lancellotti compartilhou uma nota enaltecendo a contribuição do ator, estimada em R$ 1,5 milhão, para as reformas e construção de um centro especializado em tratamentos contra o câncer na Bahia, durante o ano de 2017, como informa o portal Gshow.

Devoto de Santa Dulce — como afirmou em vida em uma publicação no Instagram — o humorista era benemérito de obras sociais ligadas à figura religiosa e auxiliou posteriormente com o financiamento de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e testes para diagnósticos da doença.

Paulo Gustavo posa com trabalhadores e crianças em construção de hospital / Crédito: Osid

 

Paulo Gustavo doou R$ 600 mil para a construção de uma unidade de oncologia da Osid. Em 2017, quando a obra de construção iniciou, ele visitou o espaço. O apoio não parou por aí. Segundo a superintendente da Osid e sobrinha de Santa Dulce, Maria Rita, Paulo Gustavo doou à instituição um total de 1,5 milhão”, explicou a nota.

A instituição Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) ainda republicou uma foto do astro acompanhado de trabalhadores da construção civil durante a ampliação da obra, posando com duas crianças trajadas com roupas do projeto social.

O ator faleceu na noite de ontem, 4, vítima de complicações em decorrência da Covid-19, após 53 dias internado em um hospital do Rio de Janeiro, deixando o marido Thales Bretas e os filhos Romeu e Gael, aos 42 anos de idade.