Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / LGBT

Pronome neutro deve entrar em dicionários noruegueses

A expectativa é que um novo pronome de gênero neutro seja incluído na língua oficial ainda neste ano, segundo o Conselho de Línguas da Noruega

Isabela Barreiros Publicado em 09/02/2022, às 07h47 - Atualizado às 08h24

Bandeira que representa comunidade não-binária - Wikimedia Commons
Bandeira que representa comunidade não-binária - Wikimedia Commons

O Conselho de Línguas da Noruega anunciou que um novo pronome de gênero neutro deverá ser incluído na língua oficial norueguesa ainda neste ano, entrando oficialmente para os dicionários do idioma.

A expectativa é que “hen” se torne uma alternativa neutra aos pronomes femininos existentes para os singulares em terceira pessoa, sendo estes o masculino “han” e o feminino “hun”.

Um dos representantes do conselho, Daniel Ims, disse à imprensa norueguesa que o debate sobre a necessidade de implementação de pronomes neutros vem crescendo no país ao longo dos anos na comunidade linguística e gramatical.

“Com o tempo, vimos que o uso real de ‘hen’ aumentou e se estabilizou”, explicou Ims.

No entanto, na Noruegua, o pronome “hen” não é o único usado como neutro. Como explicou Carl-Oscar Vik de Skien, no sudeste da Noruega, ao jornal britânico The Guardian, a comunidade adaptou o uso do “they” da língua inglesa.

Traduzido para “eles”, “they” chegou para o idioma inglês pela primeira vez como o plural por meio do nórdico antigo. Pensando em uma forma de usar o pronome de forma neutra como os falantes da língua inglesa, muitos não-binários noruegueses passaram a aderir ao “de”, equivalente da mesma maneira.

“Cem anos atrás, era normal usar o singular ‘de’ para se dirigir a pessoas de nível mais alto”, explicou Vik, que acrescentou não se importar em usar “hen”. “Em última análise, é apenas uma questão de preferência”, destacou.

Para Vik, a importância de acrescentar o pronome ao dicionário norueguês está no reconhecimento e aumento na visibilidade de pessoas não-binárias, especialmente em suas vidas públicas.

“Acho que uma pessoa normal na rua não conhece ninguém que se identifique como não-binário”, apontou. “Mas espero que, colocando ‘hen’ no dicionário, possamos divulgar a ideia, porque há muitas pessoas que não se sentem à vontade em certos pronomes, mas não têm palavras para descrevê-lo.”