Notícias » Holanda

Rei da Holanda aposenta carruagem com ilustração de escravos

O polêmico veículo de ouro está na família real holandesa desde 1901 e é alvo de discussão no país

Penélope Coelho Publicado em 14/01/2022, às 07h30

Rei William-Alexander na carruagem de ouro
Rei William-Alexander na carruagem de ouro - Divulgação/Toni/ Flickr/Creative Commons

Na última quinta-feira, 13, o rei da Holanda, Willem-Alexander, realizou um anúncio para informar que não irá mais usar uma carruagem de ouro, ilustrada com imagens de negros escravizados, ajoelhados em frente a senhores brancos.

O veículo puxado a cavalo traz as imagens na lateral de um painel. A carruagem chamada de 'Gouden Koets’ está na realeza da Holanda desde 1901 e foi muito usada para transportar Willem para eventos especiais.

De acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo, o monarca holandês deixou de usar a carruagem em 2015, quando o veículo passou por uma reforma, em meio ao aumento da discussão a respeito do racismo na Holanda.

Segundo revelado na reportagem, em junho do ano passado a ‘Gouden Koets’ foi alvo de uma petição on-line. Na ocasião, mais de 9 mil internautas holandeses pediam para que o veículo fosse aposentado.

Em nota divulgada nas redes sociais, o rei justificou sua decisão:

“Não podemos reescrever o passado. Podemos tentar aceitá-lo juntos. Isto também se aplica ao passado colonial. A Gouden Koets só poderá ser usada quando a Holanda estiver pronta para isso. E esse não é o caso no momento. Enquanto houver pessoas vivendo na Holanda que sintam a dor da discriminação no cotidiano, o passado ainda lançará sua sombra sobre nosso tempo”, escreveu.