Notícias » Rússia

Rússia: Em protestos de apoiadores de Alexei Navalny, mais de 5.300 pessoas foram detidas

Pelo segundo final de semana seguido, a população foi às ruas na Rússia para pedir a libertação do opositor de Putin

Penélope Coelho Publicado em 01/02/2021, às 08h13

Alexei Navalny, em 2013
Alexei Navalny, em 2013 - Wikimedia Commons

De acordo com informações da agência de notícias AFP, publicadas nesta segunda-feira, 1, pelo UOL, a Rússia vive momentos de tenção durante os protestos que pedem pela liberdade de Alexei Navalny, principal opositor do atual governo russo.

Segundo revelado na publicação, durante os atos pró-Navalny, no último domingo, 31, mais de 5.300 pessoas foram detidas. De acordo com a ONG especializada no monitoramento de protestos, OVD-Infor, nas principais cidades do país, o número foi alto, com 1.800 manifestantes presos em Moscou e 1.176 em São Petersburgo. 

O último final de semana foi o segundo consecutivo em que as ruas do país foram tomadas por manifestantes que pedem que Alexei seja solto. O homem está preso desde o dia 17 de janeiro, quando voltou para Rússia, após passar um longo período se recuperando na Alemanha. Navalny foi envenenado no ano passado e acusa Putin de ter sido o responsável pelo ato.

Sabe-se que mais protestos estão previstos para acontecer nessa semana, antes do julgamento do ativista político. Por sua vez, a promotoria da Rússia afirmou que a prisão do opositor é ‘legal’ e ‘justificada’.