Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Suspeito de desviar 200 mil de Neymar pede desculpa: 'Únicos lesados foram o Neymar e o banco'

O caso chamou atenção na última semana; suspeito confessou o ato

Redação Publicado em 14/02/2022, às 12h16

O suspeito (à esqu.) e Neymar (à dir.) - Divulgação/Vídeo e Getty Images
O suspeito (à esqu.) e Neymar (à dir.) - Divulgação/Vídeo e Getty Images

Um caso inusitado chamou a atenção de internautas nos últimos dias. Lucas Almeida Ferreira, 20, falou publicamente sobre o desvio que uma quadrilha sob sua liderança cometeu na fortuna do jogador Neymar

Na última sexta-feira, 11, conforme repercutido pela Caras Brasil, o jovem fora entrevistado pelo programa Brasil Urgente, da Band. Durante a conversa, além de confessar o ato, ele também se desculpou com Neymar.

Ele frisou que após o desvio o banco 'vai ficar com o prejuízo'. O total da quantia desviada foi 200 mil reais. 

"Os únicos lesados foram o Neymar e o banco, que vai ficar com o prejuízo. Quero pedir desculpas e dizer que estou arrependido e demonstrar que há fragilidade do sistema, que realmente há fragilidade", explicou ele ao repórter.

Quando perguntado sobre o dinheiro, especificamente se ficou com alguma quantia, o suspeito foi direto: "Que dinheiro? Não tem dinheiro. O banco já devolveu o dinheiro dele. Não há dinheiro a ser devolvido", disse ele.

Além de ter revelado o que fez com o dinheiro, Lucas ressaltou que não cometeu o desvio por 'ostentação'. Ele foi solto na última sexta-feira, 11, através de um alvará. 

"Eu investi na minha casa, na minha residência", afirmou Lucas. "Não fiz por ostentação", disse. 

Datena rebate

Ao se deparar com as palavras do suspeito, o apresentador Datena não se calou e detonou Lucas

"Cá entre nós, você cometeu um crime. Você não acha que é muito cara de pau? Você roubou o dinheiro. Você está gozando da cara da sociedade. Você investiu na sua casa, mas roubou o dinheiro das pessoas. A Justiça no Brasil permite esse tipo de coisa, mas roubar também é uma violência. Você acha legal incentivar? Dizer que o banco tem fragilidades?", pergunta Datena.

"Sou um cara normal, estudioso e universitário", disse Lucas, que logo foi rebatido por Datena: "Você usou o estudo para roubar".

Em seguida, o suspeito voltou a bater de frente com o apresentador: "Você já acabou, Datena?".

"Você é picareta e passa um péssimo exemplo para a sociedade", afirmou Datena. Após a última fala do apresentador, Lucas abandonou a entrevista e acenou para a câmera.

"E ainda tira sarro da cara da sociedade. É isso que a nossa Justiça proporciona", disse o apresentador.