Notícias » Espaço

Telescópio espacial James Webb decola com sucesso

O observatório é o maior, mais caro e poderoso já desenvolvido e foi lançado na manhã deste sábado, 25

Isabela Barreiros Publicado em 25/12/2021, às 10h22

Lançamento do telescópio espacial James Webb
Lançamento do telescópio espacial James Webb - Divulgação/Vídeo/Twitter/@NASA

Às 9h20, no horário de Brasília, deste sábado de Natal, 25, foi feito o lançamento bem-sucedido do Telescópio Espacial James Webb (JWST, na sigla em inglês), feito a partir da base aérea de Kourou, na Guiana Francesa.

O observatório é considerado o maior, mais poderoso e mais caro já desenvolvido pela Nasa, custando cerca de US$ 10 bilhões às agências espaciais americana e europeia, a ESA, segundo informações do jornal O Globo.

Para chegar a esse resultado, o equipamento levou 25 anos para ficar pronto, desde o desenvolvimento até o lançamento, além de uma série de atrasos para que a decolagem fosse finalmente feita.

O James Webb iria entrar em órbita inicialmente em algum momento entre 2007 e 2011, mas o projeto ficou cada vez mais complexo com o tempo e a data foi sendo adiada. Em 2018, o lançamento ficou para outubro de 2021, mas foi remarcado para 24 de dezembro, que também foi adiado para o dia seguinte devido a más condições climáticas.

As expectativas para o telescópio estão especialmente altas. Isso acontece porque o equipamento pode ser até 100 vezes mais poderoso que o Hubble ao funcionar como espelho enorme com um infravermelho que permite ver coisas muito além do que é possível hoje.

Equipado com as ferramentas mais modernas e sofisticadas que existem, ele poderá revelar as profundezas ocultas de nosso universo, examinando minuciosamente a luz fraca das primeiras estrelas e galáxias criadas após o Big Bang — há cerca de 250 milhões de anos.

Os cientistas envolvidos no projeto do James Webb estimam que o observatório chegará até o local em que ficará orbitando o Sol, a 1,5 milhão de quilômetros da Terra, em cerca de duas semanas.

+++ Saiba mais sobre o James Webb por meio desta matéria da Aventuras na História.