Notícias » Estados Unidos

No sigilo? Trump e Melania teriam recebido vacina contra a covid-19 em janeiro

A notícia foi divulgada por um assessor na última segunda-feira, 1°

Redação Publicado em 02/03/2021, às 12h52

Donald Trump e a esposa Melania se despedem da Casa Branca
Donald Trump e a esposa Melania se despedem da Casa Branca - Divulgação/ Vídeo/ G1

Pouco tempo após deixar o cargo de presidente dos EUA, mais uma novidade foi revelada sobre os momentos finais de Trump na Casa Branca.

Na última segunda-feira, 1°, um assessor que trabalhou com o político divulgou que Donald e Melania (esposa) foram imunizados contra a covid-19 no mês de janeiro. As informações foram repercutidas pelo G1.

Biden, que derrotou Trump nas eleições, foi vacinado no mês de dezembro enquanto era acompanhado por câmeras, entretanto, parece que o antecessor do atual presidente optou por fazer tudo no ‘sigilo’, já que nunca anunciou ter recebido a vacina.

Qual a vacina?

Conforme repercutido pelo portal de notícias UOL, ainda não fora revelada a vacina que o ex-apresentador de O Aprendiz tomou (Pfizer/BioNTech e Moderna), entretanto, a dupla já recebeu a segunda dose. 

"O presidente Trump e a primeira-dama foram vacinados na Casa Branca em janeiro", revelou fonte próxima a Trump à Agência de Notícias AFP. Biden chegou a comentar a postura de Trump diante da vacinação contra o novo coronavírus recentemente.

“Vai levar tempo para consertar” 

De acordo com informações da agência de notícias Reuters publicadas no dia 12 de fevereiro, Biden fez críticas à gestão anterior, em pronunciamento realizado no Instituto Nacional de Saúde dos EUA, em Bethesda, Maryland.

Na ocasião, o democrata criticou o plano de vacinação contra o novo coronavírus feito no governo Trump. Biden afirmou que o ex-presidente “não fez seu trabalho” e pediu para que a população norte-americana “tenha paciência”, já que segundo o presidente irá “levar tempo para consertar” os atos do republicano.

“Enquanto os cientistas faziam seus trabalhos descobrindo vacinas em tempo recorde, o meu antecessor - vou ser bem franco sobre isso - não fez seu trabalho em se aprontar para o desafio gigante de vacinar centenas de milhões de pessoas”, disse Biden. O presidente continuou dizendo que a situação estava ainda pior quando ele assumiu o cargo, em janeiro de 2021.

++Leia a matéria completa aqui.