Notícias » Curiosidades

Vietnamita tenta remar bote da Tailândia até a Índia para ver esposa

Homem estava equipado apenas de água e macarrão instantâneo enquanto tentava atravessar a Baía de Bengala pouco antes do começo da temporada de ciclones

Redação Publicado em 24/03/2022, às 14h24

Homem sendo resgatado de bote na Tailândia
Homem sendo resgatado de bote na Tailândia - Divulgação/Facebook/Comando da Terceira Área Naval

Um homem do Vietnã tentou remar um bote de borracha inflável da Tailândia até a Índia para ver sua esposa, em uma ação que resultaria em mais de 2 mil quilômetros atravessados em alto mar.

Ho Hoang Hung foi resgatado na costa tailandesa e preso logo após as autoridades tomarem consciência do ato. Ele planejava atravessar a Baía de Bengala pouco antes de a temporada de ciclones da região começar.

O vietnamita estava equipado apenas de uma quantidade limitada de água e macarrão instantâneo, sem mapa, bússola, GPS, nem mudas de roupa, segundo informou o capitão Pichet Songtan, do Centro de Comando de Execução Marítima da Tailândia.

A princípio, Hung havia voado para Bangkok, mas descobriu que não poderia ir para a Índia sem visto, o que fez com que ele decidisse pegar um ônibus para Phuket, onde comprou o bote. Ele partiu em por volta de 5 de março.

Ventos contrários teriam feito com que a trajetória do vietnamina não fosse possível e ele tivesse apenas um progresso limitado nas duas semanas que ficou no bote até ser encontrado nas proximidades das Ilhas Similan por um barco de pesca, que entrou em contato com a unidade de segurança marítima da Marinha do país.

Segundo reportou o jornal britânico The Guardian, Hung disse que a ação foi uma tentativa de encontrar a esposa após dois anos separados em decorrência das restrições de viagem causadas pela pandemia de covid-19. A mulher trabalharia em Mumbai.

De acordo com as autoridades tailandesas, o homem deverá ser devolvido a Phuket para mais interrogatórios. “Entramos em contato com a embaixada vietnamita e a embaixada indiana, mas ainda não obtivemos resposta”, afirmou Songtan.