Matérias » Curiosidades

Entenda como será a cerimônia de coroação do príncipe Charles, após a morte de Elizabeth II

A Inglaterra é conhecida por ter uma das mais luxuosas cerimônias de coroação do mundo, repleta de rituais e tradições

Daniela Bazi Publicado em 10/01/2020, às 11h00

Príncipe Charles durante sua investidura como Príncipe de Gales
Príncipe Charles durante sua investidura como Príncipe de Gales - Getty Images

O príncipe Charles é o primeiro na linha de sucessão ao trono britânico, e se tornará rei automaticamente assim que sua mãe, a rainha Elizabeth II, morrer. Entretanto, devido ao período de luto necessário no país, a cerimônia de coroação só acontecerá alguns meses depois.

Uma das cerimônias de coroação mais ricas e tradicionais do mundo é a da Inglaterra, que preserva os mesmos costumes há décadas. No dia do evento, o mais novo regente é levado em uma carruagem folhada a ouro do Palácio de Buckingham para a Abadia de Westminster.

Lá, Charles deverá entrar pela porta oeste, e será recebido com o hino cantado por participantes da cerimônia, como famílias reais de outros países, o clero e grandes chefes de Estado. Ele deverá caminhar pelo teatro, passando pelo coral, até chegar ao trono, onde deverá se ajoelhar e fazer uma breve oração antes de se sentar.

Elizabeth a caminho de sua cerimônia de coroação em uma carruagem folhada a ouro / Créditos: Getty Images

 

A cerimônia será comandada pelo arcebispo da Cantuária, o posto mais alto da Igreja Anglicana, que iniciará com um discurso que reconhecerá Charles como rei oficialmente. Todos aqueles presentes devem abençoá-lo dizendo “God save the king” (Deus salve o rei, em livre tradução).

Então, o mais novo monarca deve fazer um juramento, com a mão em cima da Bíblia, em que promete honrar e ser fiel ao povo, à justiça, às leis e à igreja. Após isso, ele se prepara para o momento mais solene de toda a cerimônia: a unção.  

Nela, Charles deverá estar sentado em um trono de frente para o altar, enquanto quatro cavaleiros estarão encarregados de cobri-lo do público com um pano para que o arcebispo possa fazer a consagração com o óleo sagrado, o passando em suas mãos, em seu peito e em sua cabeça. O ato é a garantia de que o novo monarca pode cumprir sua nova função de soberano.  

Preparação para a unção de Elizabeth II / Créditos: Getty Images

 

Após a unção, Charles será envolvido com um manto dourado e receberá as joias da coroa - esporas, uma espada, braceletes, uma orbe e um anel na mão direita -, que receberá uma por vez, colocando todas no altar. Só então ele receberá finalmente o cetro com a cruz, que deverá segurar com a mão direita, e a haste com a pomba na mão esquerda.

Enfim, o arcebispo colocará a Coroa St. Edward’s sobre o novo monarca. O público deverá gritar novamente “God save the king”, enquanto o regente recebe uma última benção que o oficializará como novo rei.

Charles então deverá se sentar no trono, enquanto oficiais se posicionam ao seu lado com todas as joias da coroa, e escutará as homenagens feitas pelos convidados. O primeiro a se pronunciar deve ser o arcebispo, que deve beijar sua mão direita, seguido por outras pessoas presentes que deverão se encaminhar ao rei e o prometer honrar e respeitar.

Após sua homenagem a rainha Elizabeth II durante a cerimônia, seu marido, o príncipe Philip, o deu um beijo no rosto / Créditos: Getty Images

 

A cerimônia será finalizada após uma série de rituais religiosos, como a santa comunhão. Charles então deverá se encaminhar a uma capela para trocar o grande robe dourado por um roxo, e substituir a pesada Coroa St. Edward’s por uma mais leve, chamada de Coroa do Estado Imperial. O mais novo rei deixará a Abadia segurando o cetro e o orbe ao som do hino nacional, enquanto se encaminha ao Palácio de Buckingham em um desfile para ser apresentado pessoalmente ao povo.


+Saiba mais sobre a monarquia britânica com as obras abaixo:

Vitória, a rainha: Biografia íntima da mulher que comandou um Império, Julia Baird (2018)

Link - https://amzn.to/2T9uEuc

Elizabeth I - O Anoitecer de um Reinado, Margaret George (2012)

Link - https://amzn.to/2FBPL08

História concisa da Grã-Bretanha, W. A. Speck (2013)

Link - https://amzn.to/35CrWjh

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.