Matérias » Rússia

Domingo Sangrento: há 117 anos, trabalhadores russos eram assassinados

Naquele triste dia, 200 pessoas foram mortas pelas tropas do czar Nicolau II em São Petersburgo

Redação Publicado em 09/01/2022, às 00h00

Nicolau II em pintura
Nicolau II em pintura - Domínio público / H. Manizer

O início do século 20 ficou marcado na história da Rússia como um período de grande crise econômica, política e social, uma época em que conflitos de interesses acabaram por gerar uma enorme onda de violência.

De um lado população, que passava fome, se via cada vez mais insatisfeita com o governo czarista e com a opressão de um sistema feudal que, oficialmente, não existia desde 1856, mas que persistia, uma vez que toda a terra ainda estava nas mãos dos nobres.

De outro, a nobreza desejava manter o antigo sistema e lutava contra o processo de industrialização do país, já que acreditavam que acabariam empobrecendo. 

Nesse contexto de tensão, um fato envolvendo a demissão de quatro operários em dezembro de 1904, acabou por culminar em um grande massacre em 9 de janeiro de 1905, dia que ficou conhecido como Domingo Sangrento.

Fachada do Palácio de Inverno, em São Petersburgo / Crédito: Getty Images

 

Demissão de operários

De acordo com informações do portal DW, os quatro homens, que trabalhavam na maior fábrica de São Petersburgo, acabaram sendo despedidos de maneira injusta.

Conforme afirmou a historiadora do Instituto da Europa Oriental na Universidade Livre de Berlim, Jutta Petersdorf, "eles foram demitidos porque exigiram a punição de um feitor que era injusto e tratava mal os operários."

Em busca de mudanças

O fato acabou repercutindo, de modo que um grande protesto foi organizado. De início, a manifestação foi apoiada pelos "sindicatos amarelos", os quais foram criados por entidades estatais para conter insatisfações populares, de modo a manter a ordem.

A organização tentou convencer o diretor da fábrica a voltar atrás em sua decisão, mas os pedidos foram em vão.

Desenho de artista desconhecido sobre o 9 de janeiro de 1905 / Crédito: Domínio público / Desconhecido

 

No dia 2 de janeiro de 1905, foi realizada uma assembleia do sindicato, que decidiu dar início a uma greve. Assim, aos poucos, a situação começou a fugir do controle das autoridades.

A passeata

Não demorou muito até que outras fábricas de São Petersburgo aderissem à greve, que teve como evento principal uma passeata ocorrida no dia 9 daquele mês.

Na data, uma multidão de 100 mil pessoas dirigiu-se em direção ao Palácio de Inverno de São Petersburgo, residência do czar, reivindicando uma melhoria das condições de vida dos trabalhadores.

Representação do Domingo Sangrento / Crédito: Domínio público / Ivan Alekseevich Vladimirov

 

Contudo, quando os operários se aproximaram do palácio, foram recebidos a tiros. Segundo a fonte, 200 pessoas morreram e outras 800 ficaram gravemente feridas naquele Domingo Sangrento.

Alguns historiadores dizem que a reação das tropas do czar se deu de maneira espontânea. No entanto, uma grande parcela acredita que a operação foi premeditada. É o caso de Petersdorf.

A repressão sangrenta acabou por provocar novas rebeliões, que acabariam culminando, em outubro do mesmo ano, na assinatura de um decreto que ficou conhecido como Manifesto de Outubro, por parte de Nicolau II. A medida permitiu a realização das primeiras eleições parlamentares livres na Rússia.


+Saiba mais sobre o tema através de grandes obras disponíveis na Amazon Brasil:

Nicolau e Alexandra: O relato clássico da queda da dinastia Romanov, de Robert K. Massie (2014) - https://amzn.to/2vaHCOo

O último tsar: Nicolau II, a Revolução Russa e o fim da Dinastia Romanov, de Robert Service (2018) - https://amzn.to/2SkmrRM

Os Romanov: O fim da dinastia, de Robert K. Massie (2017) - https://amzn.to/3832NQU

Os três imperadores: Três primos, três imperadores e o caminho para a Primeira Guerra Mundial, de Miranda Carter (ebook) - https://amzn.to/2tyAieX

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W