Matérias » Brasil

Fazenda São Francisco: um dia no Pantanal

Saiba mais sobre o local que é considerado "um pedacinho do Pantanal" pelos visitantes

Redação Publicado em 24/04/2020, às 19h15

A trilha da Fazenda São Francisco
A trilha da Fazenda São Francisco - Divulgação/Agaxtur

Localizada na cidade de Miranda, no Mato Grosso do Sul, a Fazenda São Francisco possui cerca de 15.000 hectares e é considerada um pedacinho do Pantanal pelos seus visitantes, principalmente pela fauna e flora do local. Além do ecoturismo, que vêm se tornando cada vez mais famoso na região, a fazenda também é um dos pontos de soltura de animais silvestres que são apreendidos pela Polícia Ambiental.

Esses animais, quando capturados, vão para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS). Lá, recebem todos os cuidados necessários para que, um dia, possam retornar à natureza.

Por terem sofrido maus tratos, vários desses animais acabam passando a vida toda nos centros, enquanto outros conseguem se recuperar - mas, constantemente, voltam para passar a noite. Por isso, é muito comum que os visitantes se deparem com aves bem próximas a eles circulando livremente, já que se acostumaram com a presença humana.

O local também oferece diversos passeios, acompanhados de profissionais capacitados, que recebem turistas e apresentam atividades locais, além de possibilidade de verem vários animais soltos em seu habitat natural, como tamanduá-bandeira, capivara, onça-pintada, jacarés, cobras, gavião, arara, entre outros.

Muito procurado pelos turistas, o pacote day-use oferece um dia todo de contato com a natureza – como um real pedaço do Pantanal! Dentre as atividades, estão inclusas o safári fotográfico, trilhas, passeio de chalana e uma pesca artesanal. Para conhecer a fazenda de São Francisco de pertinho, não deixe de conferir o site da Agaxtur, que conta com os melhores pacotes e roteiros para a sua viagem!

 Projetos da Fazenda São Francisco

Além de oferecer passeios e atividades para os turistas em meio à natureza, a Fazenda São Francisco também é dona de diversos projetos ambientais, como o Projeto Arara Azul, o Projeto Papagaio Verdadeiro, Programa de Educação Ambiental, Programa de Estudo do Meio e, mais recentemente, o Projeto Gadonça, que estuda sobre a onça pintada e a onça parda.

O Projeto Arara Azul existe desde 1990 no Pantanal, e desde 1996 a Fazenda São Francisco começou a fazer parte, monitorando os primeiros ninhos na região. O maior objetivo é a conservação da espécie na natureza, e para isso, são desenvolvidos estudos básicos de biologia, reprodução e comportamento do animal. No total, são 250 ninhos marcados e 140 ninhos artificiais instalados em 27 fazendas para estudo.

Já o Projeto Papagaio Verdadeiro trabalha com duas frentes de atuação: pesquisa científica para conhecer a espécie e o impacto do animal sobre as populações e educação ambiental, para conscientizar as pessoas sobre a importância de preservarmos a espécie. Anualmente, centenas de filhotes de papagaio são retirados dos ninhos para comércio ilegal de animais, e pensando nisso, o projeto gera informações que auxiliam na conservação da espécie e do seu ambiente natural.

Fundado em 2003, o Gadonça é um projeto científico e educacional, e tem como principal objetivo estudar a interação de grandes predadores carnívoros silvestres com animais domésticos na região do Pantanal. Por meio de atividades de pesquisa, manejo, turismo e treinamento de estudantes e profissionais da área ambiental, a principal ideia do projeto é entender as populações de grandes predadores silvestres e analisar medidas preventivas à predação sobre o gado.