Matérias » Personagem

Álcool adentro e um avião: a insana aposta do piloto da Segunda Guerra

Após beber, Thomas Fitzpatrick teria proposto uma aventura perigosa aos amigos

Victória Gearini Publicado em 02/05/2020, às 14h15

Avião utilizado por Thomas Fitzpatrick
Avião utilizado por Thomas Fitzpatrick - Divulgação

Uma das apostas mais insanas da História foi feita pelo renomado piloto da força aérea americana, chamado Thomas Fitzpatrick, experiente por ter participado no front da Segunda Guerra Mundial e da Guerra da Coréia.

Assim como boa parte dos soldados da época, Thomas Fitzpatrick tinha o hábito de se encontrar socialmente com seus amigos, para beber nos bares de Manhattan, em Nova York. Entre cervejas e muitas risadas, às três horas da madrugada, todos ali presentes já estavam alcoolizados, quando um de seus amigos apostou 100 dólares que Fitzpatrick não era corajoso.

Se sentindo ofendido e desafiado, o experiente piloto norte-americano apostou que pousaria um avião monomotor em qualquer lugar. Para dificultar a proposta, disse, ainda, que inclusive poderia aterrissar perto do bar onde estavam. No mesmo minuto, todos começaram a rir e em coro disseram “duvido”.

Thomas Fitzpatrick, piloto da Segunda Guerra / Crédito: Divulgação

 

Esta foi a brecha que Fitzpatrick encontrou para colocar seu plano em ação. Durante a madrugada do dia 30 de setembro de 1956, sob efeito do álcool, o piloto se dirigiu até Nova Jersey — próximo de Manhattan. No local, ele invadiu um aeródromo, onde roubou um avião. 

Ainda alcoolizado, Fitzpatrick decolou sem acender os faróis e sem fazer comunicação, com o intuito de não chamar atenção. Embora os riscos, o piloto conseguiu prosseguir a viagem aérea sem nenhum acidente registrado, aterrizando próximo ao bar.

Quando se aposentou Fitzpatrick se matriculou na Escola de Aeronáutica Teterboro / Crédito: Divulgação / Facebook

 

Amigos e outros frequentadores do local ficaram estarrecidos com as manobras feitas pelo piloto, o aplaudindo. No entanto, quem não gostou nada disso foram as autoridades, que estavam esperando ele pousar. Graças a imprensa — que foi convidada por alguns amigos — a notícia viralizou no país. Embora tenha ganhado a aposta de 100 dólares, Fitzpatrick teve que utilizar a quantia para sua fiança.

Após dois anos do ocorrido, um amigo duvidou que o fato havia acontecido, então Fitzpatrick novamente realizou a manobra. Desta vez foi preso e permaneceu detido durante seis meses. Além de ser autuado em flagrante, o piloto perdeu seu direito de guiar um avião. Bom em apostas, Thomas Fitzpatrick veio a falecer em 2009, devido a idade avançada.


+Saiba mais sobre a Segunda Guerra Mundial por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (2019) - https://amzn.to/2JWtKex

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Rr2xFa

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/34DnO3T

Os mitos da Segunda Guerra Mundial, de Vários Autores (2020) - https://amzn.to/2VdiMXa

Continente selvagem: O caos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial, de Keith Lowe (2017) - https://amzn.to/2RqF32D

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W